Política
Publicada em 20/09/17 as 20:11h - 93 visualizações
Orlando Morando lança programa para zerar fila de cirurgias em São Bernardo
Programa vai realizar mais de 3 mil cirurgias diversas em 180 dias

Montero Netto


 (Foto: Divulgação )

O prefeito de São Bernardo, Orlando Morando (PSDB) reuniu a imprensa, autoridades e comunidade, na tarde desta quarta-feira (20) no Hospital de Clínicas de São Bernardo (HC), no bairro Alvarenga, para lançar oficialmente o programa "Saúde Prioridade Cirurgia", que faz parte da 2a etapa do Saúde Prioridade, em 31 de março. A iniciativa, que terá prazo de 180 dias, pretende acabar com a fila de espera de cirurgias na cidade. Dados passados a imprensa por Morando apontam, hoje na cidade, uma fila de espera de 3.178 pacientes.

Com o auditório do HC lotado, Morando estava acompanhando pelo secretário de Saúde, Dr. Geraldo Reple, o presidente da Câmara, vereador Pery Cartola, vereadores da base, como Ary de Oliveira, e profissionais da Saúde.

Segundo o prefeito a iniciativa será executada com os profissionais da própria Secretaria, sem a terceirização ou contratação de novos especialistas. Para isso haverá um trabalho logístico quanto a carga horária de médicos que será aumentada, mas sem perder a qualidade cirurgiões do município.

"Para a realização dessas cirurgias, não será necessário firmar parcerias com empresas privadas. Realizaremos todos os procedimentos em nossos hospitais, utilizando a nossa própria estrutura. Iremos zerar essa fila de espera, sem qualquer custo adicional", destacou. A iniciativa destinará R$ 3 milhões de reais a mais para o orçamento da Saúde municipal.

Morando informou ainda que as cirurgias serão realizadas no HC e no HMU."O complexo HC é onde vão se concentrar a maior parte dos procedimentos e o Hospital Municipal  Universitário, que ficará responsável pelos procedimentos ginecológicos que são 468", pontuou.

Especialidades - O Programa da Prefeitura atuará com cirurgias nas áreas de urologia (493 pacientes), ginecologia geral (468), vascular (372 pacientes), cirurgia geral por vide laparoscopia (164) e hérnia (64 pacientes).

De acordo com o secretário de Saúde, Dr. Geraldo Reple, os pacientes que tiverem necessidade de cirurgia ao longo do programa, serão atendidos simultaneamente. "Hoje, o município realiza 343 cirurgias mensais. Com o programa, iremos solucionar o problema das pessoas que estão aguardando na fila de espera, porém continuaremos atender normalmente os novos casos, de urgência ou eletiva. O nosso objetivo é impedir que novas filas sejam formadas".

Convocações - Durante a entrevista coletiva, o prefeito Orlando Morando informou que os pacientes serão contatados por telefone tendo agendada a cirurgia sem atropelos e com agilidade. "Pedimos que todas as pessoas, que aguardam na fila cirúrgica, procurem a unidade de saúde mais próxima de casa, e atualizarem o cadastro. Nossos agentes comunitários de Saúde precisam localizar os pacientes e entregar os protocolos que confirmam o agendamento do procedimento", afirmou.




Deixe seu comentário!

ATENÇÃO: Os comentários postados abaixo representam a opinião do leitor e não necessariamente do nosso site. Toda responsabilidade das mensagens é do autor da postagem.

Parceiros
Jornal Divulgação Exata - (11) 2897-5833 - redacao@jornalexata.com.br
Copyright (c) 2017 - Jornal Divulgação Exata - Todos os direitos reservados