Política
Publicada em 19/09/17 as 17:51h - 237 visualizações
Vereadores repercutem matéria sobre Caixa-Preta da Comunicação de Paulo Serra
Oposição quer explicações sobre onde na Comunicação tem gasto tanto dinheiro

Montero Netto


 (Foto: Divulgação)

A reportagem publicada pelo Divulgação Exata, nesta segunda-feira (18), informando que a Unidade de Comunicação e Eventos da Prefeitura, comandada pela jornalista Jessica Peluzzi Cavalheiro, não tem abastecido o Portal da Transparência com informações de como tem sido gastos os recursos repassados a agencia licitada que cuida da gestão da publicidade do Governo Municipal tem movimentado os bastidores da sessão desta terça-feira (19), aqui na Câmara de Santo André. A prática vem ocorrendo desde o primeiro dia do governo Paulo Serra (PSDB) sem ter sido corrigida, como determina a Lei de Transparência no seu artigo quinto. 

O vereador Willians Bezerra (PT) elogiou a matéria lembrando que tem denunciado esta questão da comunicação desde o começo do ano. "Foi uma das primeiras coisas que eu fiz no mandato antes mesmo de começarem as sessões. No dia 28 de janeiro eu entrei com uma ação no Ministério Público questionando a exposição da imagem do prefeito no site da Prefeitura e na pagina do Facebook. Dia 28 tinham 22 postagens que mencionavam o nome do prefeito com a foto dele o que é proibido pela constituição, pois quem presta serviços a cidade é a Prefeitura e não o prefeito", destacou. Para o petista de lá pra cá,  só vem aumentando a utilização deste recurso de comunicação e as vezes com inverdades. "Eu acabei de falar na tribuna, muito dessa prefeitura trata de propaganda e transparência como se fosse uma coisa fácil de ser aplicada, mas na prática não faz. Esse governo tem muito disso. Eles tem vergonha de falar da publicidade, porque eles dizem que não tem recursos para isso não tem recurso pra aquilo como é que aparece mais de R$ 5 milhões para Comunicação?", questionou.

No lado oposto, o líder do prefeito na Câmara, vereador Pedrinho Botaro (PSDB) adotou um tom mais ameno diante da polêmica que o assunto gerou nesta terça. "Precisava avaliar e até questionar o Núcleo de Comunicação da Prefeitura se de fato não tem tido essa prestação. Tem que investigar o que está acontecendo, se a agencia não passa pra Prefeitura ou se a Prefeitura que tem a informação e não publica. Ai eu teria que conversar com a coordenadora deste Núcleo e ai ela nos informar como é o procedimento", destacou.

Entenda o Caso - A Prefeitura na gestão Paulo Serra (PSDB), por meio de seu Núcleo de Comunicação não tem cumprido a Lei de Transparência ao não publicar como são gastos os recursos da verba de publicidade do município. Esta prática que tem sido adotada desde o primeiro dia do ano de 2017 tem jogada uma penumbra sobre o assunto, transformando a questão em uma verdadeira Caixa-Preta.

Questionado pela nossa reportagem a Comunicação da Prefeitura, que em agosto teve um orçamento maior que o da Secretaria de Meio Ambiente, adotou uma resposta evasiva e generalista não responde as questionamentos como que são, por exemplo,  os fornecedores que tem recebido dinheiro público oriundo desta verba de comunicação.

Solicitamos ainda acesso a todos os relatórios de gastos de publicidade da Prefeitura de Santo André, no período de 1º de janeiro a 15 de setembro de 2017, com o objetivo de saber como foram gastos até agora todos os recursos repassados pela Prefeitura para a agência. Os relatórios não nos foram passados.




Deixe seu comentário!

ATENÇÃO: Os comentários postados abaixo representam a opinião do leitor e não necessariamente do nosso site. Toda responsabilidade das mensagens é do autor da postagem.

Parceiros
Jornal Divulgação Exata - (11) 2897-5833 - redacao@jornalexata.com.br
Copyright (c) 2017 - Jornal Divulgação Exata - Todos os direitos reservados