Política
Publicada em 23/12/16 as 12:16h - 142 visualizações
Os escândalos dos prefeitos que deixarão o ABC
Cinco cidades terão novos representantes na prefeitura para a gestão de 2017 até 2020

Julio Cezar Green


 (Foto: Divulgação)

São Bernardo, Santo André, Mauá, Ribeirão Pires e São Caetano escolheram novos prefeitos para comandar as cidades pelos próximos quatro anos. A troca de comando mostra a insatisfação das pessoas que não queriam mais a mesma coisa e estavam buscando mudanças. Separamos os escândalos envolvendo os governos de Luiz Marinho (PT-SBC), Carlos Grana (PT-SA), Saulo Benevides (PMDB-RP), Donisete Braga (PT-MAUÁ) e Paulo Pinheiro (PMDB-SCS).

São Bernardo do Campo

·         Dívida de R$2 bilhões

O governo de Marinho entregará a prefeitura para Orlando Morando com um déficit de R$2,2 bilhões de reais. Dívida que foi adquirida ao longo dos oito anos de mandato do prefeito petista.

·         Lista da Lava Jato

O prefeito da cidade teve seu nome citado na lista da Odebrecht divulgada pela Polícia Federal. Além de Marinho, o vereador Marcos Lula, que não conseguiu reeleição também foi citado. Foram citadas cinco vezes o nome de Marinho na lista, recebendo mais de R$1 milhão de reais, entre eles, R$250 mil destinados para campanha de 2012. Nomes como o prefeito de Santo André e Mauá, Carlos Grana e Donisete Braga, respectivamente, estavam inclusos.

·         Mutirão da Catarata

Após Mutirão para realizar 27 cirurgias da catarata, realizada no HC (Hospital de Clínicas) de São Bernardo, 21 pessoas ficaram com infecção nos olhos, entre elas 18 perderam a visão. As cirurgias foram feitas pelo oftalmologista Paulo Barição, contratado pela prefeitura através do Instituto de Oftalmologia da baixada santista. Entre os pacientes, Pelegrino Focher Riatto, 77, morreu no HC.

Santo André

·         Falta D'água

Mesmo com a crise de água que atinge o Brasil dando uma trégua com o aumento dos níveis das represas que abastecem as cidades do ABC, a cidade administrada por Carlos Grana ainda registram muitas queixas sobre a falta d'água. Os bairros Jardim Alzira Franco, Parque João Ramalho, e Jardim Ana Maria são os que mais sofrem sem o abastecimento.

Mauá

·         Merenda Escolar

A prefeitura comandada por Donisete Braga (PT) esteve envolvida na compra superfaturadas nos valores da merenda que servem as escolas municipais. Foram destinados R$1,4 milhão para a empresa BH Foods Comércio e Indústria Ltda. Entre os valores superfaturados estão carne moída, salsichas, coxa e sobrecoxa de frango além de almôndegas, que eram desembolsados a R$20 o quilo.

·         Sacos de Lixo

Não bastava para Mauá superfaturar a merenda, tinha que estar incluso o saco de lixo. Em   contrato com a empresa Jumach Comercial Ltda, a prefeitura petista desembolsa mais de R$100 com o cento do saco de lixo de 100 litros. Comparadas a outras prefeituras, Mauá tem gasto quase 290% a mais.

Ribeirão Pires

·         Teleférico Paralisado

O teleférico que foi projeto pelo prefeito Saulo Benevides continua com obras paradas. Com o valor da obra avaliado em R$25 milhões, segue tudo sem andamento a mais de cinco meses. A obra está embargada pela Cetesb (Companhia de Tecnologia de Saneamento Ambiental). O prefeito diz que a culpa da paralisação é do governo federal e estadual que não liberaram a verba para a conclusão.

São Caetano do Sul

·         Funcionários Fantasmas

Funcionários trabalhavam na prefeitura de São Caetano, mas na realidade nunca apareciam para executar suas funções. Os salários eram pagos na gestão de Paulo Pinheiro para comissionados que exerciam outras funções comercias, no lugar de estar na prefeitura. Foram denunciados funcionários que tiveram suas funções exoneradas, que recebiam altos salários da prefeitura sulsancaetanense.




Deixe seu comentário!

ATENÇÃO: Os comentários postados abaixo representam a opinião do leitor e não necessariamente do nosso site. Toda responsabilidade das mensagens é do autor da postagem.

Parceiros
Jornal Divulgação Exata - (11) 2897-5833 - redacao@jornalexata.com.br
Copyright (c) 2017 - Jornal Divulgação Exata - Todos os direitos reservados