Política
Publicada em 12/12/16 as 17:33h - 118 visualizações
Janot e Alexandre de Moraes fazem reunião emergencial em função de vazamento de informações

Rafael Madjarof


 (Foto: Divulgação)

Após o vazamento de informações de caráter suspeito, de que o Presidente da República Michel Temer e a cúpula do governo teriam  recebido pagamentos da empresa Odebrecht , o ministro da justiça Alexandre de Moraes se reuniu com o procurador-geral da República, Rodrigo Janot, na manhã desta segunda-feira (12).

A reunião nem constava na agência do procurador que estava em São Paulo, local onde cumpriria um compromisso às 12h, mas a reunião entre ambos se iniciou às 11h45.

Após o término da reunião, o procurador afirmou que o enfoque da reunião não era discutir o vazamento do anexo de delação da Odebrecht. Janot diz que ele e Alexandre de Moraes  discutiram sobre a possibilidade de se criar um grupo formado por Polícia Federal e Ministério Público que atuaria  em uma "investigação do Rio de Janeiro".

É a segunda reunião emergencial que ocorre em função do vazamento de informações da delação premiada do executivo Cláudio Melo Filho, da Odebrecht a primeira foi ontem onde Temer e o senador Romero Juca (PMDB-RR) envolvidos diretamente na delação criticaram duramente o vazamento de informações e ainda buscam desesperadamente anular o acordo de delação premiada.




Deixe seu comentário!

ATENÇÃO: Os comentários postados abaixo representam a opinião do leitor e não necessariamente do nosso site. Toda responsabilidade das mensagens é do autor da postagem.

Parceiros
Jornal Divulgação Exata - (11) 2897-5833 - redacao@jornalexata.com.br
Copyright (c) 2017 - Jornal Divulgação Exata - Todos os direitos reservados