Política
Publicada em 30/09/16 as 13:20h - 123 visualizações
Orlando prioriza a volta do emprego para São Bernardo avançar

Julio Cezar Green


 (Foto: Divulgação)

O candidato Orlando Morando (PSDB) falou em entrevista ao Jornal Divulgação Exata que a sua prioridade para seu governo, caso seja eleito, será a retomada de emprego para a cidade. Para Orlando esse é o principal ponto para que a cidade volte a ter grandes empresas, gerando novas oportunidades.

 

Divulgação Exata (DE): No plano de governo, o senhor diz sonhar com uma São Bernardo mais justa, humana e com oportunidades para todos. Como será o trabalho para que isso aconteça?

Orlando Morando (OM): Quando o poder público não funciona de verdade, ele não consegue atender quem mais precisa. Desta forma, o grande desafio que temos pela frente é fazer com que esta estrutura funcione. Eu sei como vou fazer isso: primeiro, é necessário investir na distribuição de renda; e isso só acontece quando há descentralização do desenvolvimento, ou seja, é preciso levar o desenvolvimento para as regiões mais afastadas de São Bernardo do Campo. Isso é sinônimo de dignidade para as regiões periféricas de nossa cidade. As pessoas podem, desta forma, trabalhar e estudar no bairro onde moram e consumir no bairro, que, de forma sintomática, vai se desenvolvendo, com direito a comércios e serviços. Isso também é sinônimo de qualidade de vida. Em vez de passar muitas horas no trânsito, seja no seu modal particular ou no transporte público, o cidadão vai passar mais tempo com sua família. E, como citei anteriormente, a Educação entra neste ciclo. O ensino precisa ter qualidade e ser trabalhado com respeito pelo poder público. Não se pode admitir censura da merenda, entrega de material e de kit escolar com atraso, ou professores mal remunerados. Oferecendo, ainda, uma Saúde de qualidade, com médico disponível, remédio fácil e exame rápido, vamos melhorar a qualidade de vida do munícipe.

 

Divulgação Exata (DE): São Bernardo sofre com o desemprego, várias empresas deixando a cidade. Como fazer para recuperar a "cidade das oportunidades"?

Orlando Morando (OM): Vamos colocar em prática uma grande campanha de incentivos, diminuindo impostos, para a atração de novas empresas e a manutenção das que já funcionam em São Bernardo do Campo. Nestes últimos tempos, perdemos grandes corporações, como Basf, Bacardi e Yoki. Isso é um absurdo! Vou criar o "Emprega São Bernardo", maior programa de qualificação profissional da história do Grande ABC Paulista. Por meio desta ação e outras não menos importantes, vamos oferecer oportunidades para o empreendedor de nossa cidade. A construção do Parque Tecnológico e a abertura da Faculdade de Tecnologia Municipal também estão entre as propostas.

 

Divulgação Exata (DE): Como implantar um novo modelo de gestão para a Saúde de São Bernardo, tendo em vista que os serviços não atendem às demandas da cidade?

Orlando Morando (OM): Informatizar e integrar. Não se pode mais fugir disso. O grande problema na Saúde, não é de hoje, é a falta de controle de tudo: do expediente dos profissionais aos remédios, passando pelos exames que chegam a demorar até um ano para serem realizados. No meu governo, a Saúde vai entrar na era digital. A Organização Mundial da Saúde (OMS), defende que, quando se informatiza os setores públicos da Saúde, se tem uma economia de aproximadamente 30% na estrutura, no orçamento. É com essa economia que vamos implementar melhorias importantes na rede básica de saúde de nossa cidade, como ampliar o horário de atendimento. Os médicos, que hoje trabalham em média quatro horas por dia nos postos de saúde, passarão a cumprir oito horas. Na qualidade de prefeito, vou otimizar esse expediente, por meio de valorização à categoria e revisão da infraestrutura de trabalho nos equipamentos médicos. Vou, ainda, contratar, de cara, 300 novos médicos. E, ainda em relação à informatização, com ela, vai acabar em São Bernardo essa história de remédio estragando de um lado e faltando de outro. Todos terão controle por meio de código de barras. Chega de bagunça!

 

Divulgação Exata (DE): Uma das suas propostas para a Educação é a escola de tempo integral. Como será implantado, integrando isso à merenda escolar e uniformes de qualidade?

Orlando Morando (OM): Tudo na Educação precisa melhorar. Os professores são ótimos, mas precisam ser valorizados. A qualidade pedagógica precisa ser potencializada e os prédios escolares devem passar por manutenção. Uniforme e material escolar entregues em dia são mais que obrigação do poder público local. Aliás, oferecer merenda de qualidade ao aluno também não pode ser encarado de forma diferente. Tão importante quanto é a ampliação da rede municipal de ensino. Garanto, por exemplo, que vou zerar a fila de espera por creches, que hoje esbarra em 5 mil vagas. Para aniquilar o déficit, vou construir dez creches por ano, chegando ao final do mandato com a inauguração de 40 novas creches.

 

Divulgação Exata (DE): São Bernardo sofre com a falta de segurança, qual será o planejamento para dar mais segurança para a população?

Orlando Morando (OM): Assumo o compromisso de dobrar o efetivo da Guarda Civil Municipal (GCMs) e de adquirir novas viaturas para a corporação serão destinados às ações preventivas de segurança nos bairros de São Bernardo do Campo. Não vou ser aquele tipo de prefeito que coloca a responsabilidade do setor 100% nas costas da esfera estadual. Vou fazer minha parte com a GCM e com investimentos sérios em centrais de monitoramento, e vou trabalhar para que haja integração entre a GCM, a Polícia Militar (PM) e a Polícia Civil.

 

Divulgação Exata (DE): Qual a diferença entre o seu plano de governo e o dos seus adversários?

Orlando Morando (OM): Bem, o que difere meu plano de governo do plano de governo dos meus dois concorrentes é que, o deles, apesar de serem de partidos e coligações distintas, têm o mesmo eixo, quase a mesma identidade. Dá até a impressão que um é a continuidade do outro. O meu plano de governo foi alinhavado por mim, pela minha equipe de campanha e pelo povo de São Bernardo. Para tanto, ouvi milhares de pessoas, de porta em porta, de casa em casa, de bairro em bairro, por meio do projeto "Nossa São Bernardo", movimento encabeçado pelo PSDB, meu partido. É um plano de governo feito pelo povo, para o povo, com responsabilidade e compromisso. É um projeto tão bem estudado, que é totalmente exequível, passando pela contratação de 300 novos médicos, pela descentralização do desenvolvimento, inclusive beneficiando as regiões mais pobres da cidade, e pela contratação de 500 novos homens para a Guarda Civil Municipal (GCM), entre outras ações que, seguramente, vão marcar de forma positiva o meu governo.




Deixe seu comentário!

ATENÇÃO: Os comentários postados abaixo representam a opinião do leitor e não necessariamente do nosso site. Toda responsabilidade das mensagens é do autor da postagem.

Evolução e Mulher Determinada
Parceiros
Jornal Divulgação Exata - (11) 9 7240-3561 / (11) 9 6012-4549 - redacao@jornalexata.com.br
Copyright (c) 2017 - Jornal Divulgação Exata - Todos os direitos reservados