Política
Publicada em 13/06/16 as 14:38h - 118 visualizações
Petistas procuram novos acordos para se salvar
Presos, a dupla está a espera de um milagre

Natan Silva


 (Foto: Divulgação)

Apesar de presos, o ex-ministro José Dirceu e o ex-tesoureiro do PT João Vaccari Neto não perderam o medo da prisão e o amor pelo partido. A dupla sugeriu um acordo de "leniência partidária".

Segundo relatos, a proposta consiste em assumir os crimes como "pessoa física", tirando a responsabilidade partidária. A ideia, ainda, se estenderia não só ao PT, mas a todas as siglas comprometidas na Lava-Jato. Para reduzir as penas, a dupla sugere que a negociação seja comandada pela presidência de cada partido, com um relatório de informações reveladas aos procuradores.

Desde que surgiram as acusações diretamente contra o partido no esquema de corrupção, é a primeira vez que se cogita a possibilidade de se assumir os delitos e eliminar totalmente a possibilidade do "fim do partido", como pedem os mais extremistas. O presidente do PT, Rui Falcão, não quis se manifestar.

Vaccari está preso desde abril do ano passado por corrupção, lavagem de dinheiro e associação criminosa, enquanto Dirceu está preso desde agosto, também por corrupção e lavagem de dinheiro e por formação de quadrilha.




Deixe seu comentário!

ATENÇÃO: Os comentários postados abaixo representam a opinião do leitor e não necessariamente do nosso site. Toda responsabilidade das mensagens é do autor da postagem.

Evolução e Mulher Determinada
Parceiros
Jornal Divulgação Exata - (11) 9 7240-3561 / (11) 9 6012-4549 - redacao@jornalexata.com.br
Copyright (c) 2017 - Jornal Divulgação Exata - Todos os direitos reservados