Política
Publicada em 31/05/16 as 12:32h - 239 visualizações
Aidan Ravin é réu no esquema da Semasa

Rafael Madjarof


 (Foto: Divulgação)

O ex-prefeito de Santo André, Aidan Ravin virou réu, acusado de ter comandado um esquema criminoso de venda de licenças ambientais do Semasa (Serviço Municipal de Saneamento Ambiental de Santo André). A denúncia contra o ex-prefeito foi feita pelo Ministério Público

A decisão de condenar Aidan partiu da juíza da 1ª Vara Criminal de Santo André, Maria Lucinda Costa. A denúncia foi apresentada pelo promotor de Justiça Roberto Wider Filho em maio de 2015. Além do ex-prefeito outras dez pessoas envolvidas no esquema viraram réus.

O ex-prefeito é acusado por corrupção e formação de quadrilha. Segundo as investigações do Ministério Público, o esquema funcionou entre meados de 2011 e março de 2012, quando as primeiras denúncias de corrupção vieram a público. Para a Promotoria integrantes do Paço, sob comando do prefeito, cobravam suborno de empresários para emitir as licenças ambientais.

 Os outros réus foram: Calixto Antônio Júnior (advogado que atuava para o Semasa), Angelo Pavin (ex-superintendente do Semasa), Dovílio Ferrari Filho (ex-superintendente adjunto do Semasa), Eugênio Voltarelli (ex-assistente técnico da autarquia), Antônio Feijó (ex-assessor de Gabinete), Beto Torrado (ex-secretário de Desenvolvimento Econômico e articulador do governo), Roberto Tokusumi (ex-diretor de Gestão Ambiental do Semasa e denunciante do caso), Lineu Carlos Cunha Matos (ex-coordenador de Assuntos Jurídicos), Maicol Vizacri (ex-servidor) e Carla Adriana Basseto da Silva (advogada).




Deixe seu comentário!

ATENÇÃO: Os comentários postados abaixo representam a opinião do leitor e não necessariamente do nosso site. Toda responsabilidade das mensagens é do autor da postagem.

Parceiros
Jornal Divulgação Exata - (11) 2897-5833 - redacao@jornalexata.com.br
Copyright (c) 2017 - Jornal Divulgação Exata - Todos os direitos reservados