Política
Publicada em 09/05/16 as 17:01h - 229 visualizações
Gleisi Hoffmann e seu marido são acusados na operação Lava Jato

Rafael Madjarof


 (Foto: Divulgação)

A senadora Gleisi Hoffmann (PT-PR), foi denunciada pelo STF, pelo procurador Geral da República, Rodrigo Janot. Junto da senadora foram denunciados seu marido Paulo Bernardo, que fora ministro do Planejamento e das Comunicações do primeiro mandato do governo Dilma  e do empresário Ernesto Kluger que tem proximidade do Casal.

Os três são suspeitos de terem envolvimento em um esquema de lavagem de dinheiro, que desviou recursos para a campanha vitoriosa da senadora, em 2010. O procurador afirmou que a partir das delações, poderão se obter provas que apontem indícios suficientes do envolvimento do trio em atos de corrupção.

A senadora é uma das principais defensoras do governo Dilma. Gleisi foi Ministra da Casa Civil no primeiro mandato de Dilma, mas no ano de 2014, se retirou do primeiro escalão para concorrer ao governo do Paraná, ficando na terceira posição. A parlamentar paranaense é integrante a comissão especial do impeachment no Senado.

Paulo Bernardo foi ministro do Planejamento na gestão do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva. Em 2011, quando Dilma sucedeu Lula no Palácio do Planalto, Paulo Bernardo permaneceu no governo, mas trocou de pasta, transferindo-se para o Ministério das Comunicações. 

O relator do processo, Teori Zavascki terá de submeter a denúncia da PGR à análise da Segunda Turma do tribunal, composta por cinco magistrados. Se os ministros acatarem a denúncia, Gleisi e Paulo Bernardo virarão réus na ação penal. O caso tramita no Supremo porque Gleisi tem foro privilegiado por ser senadora.

A senadora é acusada de ter recebido R$ 1 milhão em propina decorrente do esquema de corrupção que havia na Petrobras. A parlamentar  foi citada nas delações premiadas do doleiro Alberto Yousseff e do ex-diretor da Petrobras Paulo Roberto Costa. Os relatos dos dois delatores, apontam que houve pagamento indevido de R$ 1 milhão para a campanha de Gleisi ao Senado, em 2010. 




Deixe seu comentário!

ATENÇÃO: Os comentários postados abaixo representam a opinião do leitor e não necessariamente do nosso site. Toda responsabilidade das mensagens é do autor da postagem.

Parceiros
Jornal Divulgação Exata - (11) 2897-5833 - redacao@jornalexata.com.br
Copyright (c) 2017 - Jornal Divulgação Exata - Todos os direitos reservados