Palanque Político
Publicada em 10/06/16 as 13:46h - 128 visualizações
Vice de Diadema pode perder mandato e pré-candidatura
De Tocantins a Diadema, justiça alcançou Silvana Guarnieri

Natan Silva


 (Foto: Divulgação )

A vice-prefeita de Diadema, Silvana Guarnieri (PSDB), teve seu mandato cassado por crime de improbidade administrativa. O juiz André Mattos Soares da Vara da Fazenda Pública de Diadema afirma que a vice dirigia uma empresa privada em Tocantins, enquanto cumpria suas funções como secretária de Assistência Social e Cidadania, o que vai contra o Estatuto dos Funcionários Públicos da cidade. Para se manter no cargo, ela recorre ao Tribunal de Justiça de São Paulo.

A denúncia foi feita pelo Ministério Público de Tocantins, onde Silvana é diretora da empresa Terra Clean, que possui contratos municipais com a capital, Palmas. A promotoria apontou que a diretora exerceu funções de 1º de janeiro de 2013 - data da posse do prefeito Lauro Michels (PV) - e 11 de fevereiro de 2014. Ainda, disse residir em Tocantins, embora morasse na cidade paulistana.

"Na espécie, embora o ato de improbidade administrativa praticado pela ré não tenha causado dano patrimonial ao erário de Diadema, propiciou claramente a obtenção de vantagem patrimonial indevida pela ré e prejuízo ao serviço público municipal diademense pela não observância da exigência de dedicação integral no cargo de secretária", afirmou o juiz.

Atualmente, Silvana deixou a secretaria e, recém-filiada ao PSDB, é uma dos pré-candidatos do partido para a Câmara.




Deixe seu comentário!

ATENÇÃO: Os comentários postados abaixo representam a opinião do leitor e não necessariamente do nosso site. Toda responsabilidade das mensagens é do autor da postagem.

Evolução e Mulher Determinada
Parceiros
Jornal Divulgação Exata - (11) 9 7240-3561 / (11) 9 6012-4549 - redacao@jornalexata.com.br
Copyright (c) 2017 - Jornal Divulgação Exata - Todos os direitos reservados