Sábado, 29 de Abril de 2017

Buscar   OK
Palanque Político
Publicada em 21/03/16 as 17:03h - 186 visualizações
Filippi diz que seu taxista foi à UTC 'buscar brindes'

Da Redação


 (Foto: Divulgação)

O ex-tesoureiro da campanha da presidente Dilma Rousseff (2010) e ex-prefeito de Diadema,  José de Filippi Junior afirmou à Polícia Federal que João Henrique Worn, seu "taxista de confiança", foi à sede da UTC Engenharia "buscar brindes".

A Operação Lava Jato investiga se o ex-tesoureiro recebeu propina da UTC, em decorrência de contratos celebrados com a Petrobras. Filippi já havia prestado depoimento no dia 4 de março, quando foi conduzido coercitivamente na Operação Aletheia, desdobramento da Lava Jato que pegou o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva.

José de Filippi afirmou, em depoimento, que mantém relação com a UTC desde 2006 e que a empreiteira fez doações para a campanha presidencial de 2006 a 2010 de Lula e Dilma, respectivamente. O ex-tesoureiro disse que todas as doações eleitorais estão registradas e foram realizadas por meio de transferências eletrônica.  

A UTC é uma das empreiteiras envolvidas no esquema de corrupção e pagamento de propinas instalado na Petrobras entre 2004 e 2014. Segundo os investigadores, João Henrique Worn foi o responsável por receber, em nome de José de Filippi, entre 2010 e 2014, cerca de R$ 750 mil em diversas oportunidades na sede da UTC, conforme tabela apresentada pelo dono da empresa, Ricardo Pessoa, e o executivo ligado à empreiteira Walmir Pinheiro, ambos delatores da Lava Jato.

No depoimento, José de Filippi disse que João Henrique é uma pessoa de confiança. O taxista foi algumas vezes João Henrique até a empresa UTC buscar brindes para o declarante, em razão de datas comemorativas (Natal, aniversário, etc). Filippi disse, ainda, que João Henrique nunca esteve na UTC com o propósito de arrecadar doações ou qualquer outra espécie de recurso financeiro.

Entre julho de 2011 e dezembro de 2012, durante seu mandato, José de Filippi gastou R$ 37.360 mil de sua cota parlamentar com o taxista. Os dados constam do site da Câmara. Os recibos de João Henrique contabilizaram valores entre R$ 80 e R$ 600.

 




Deixe seu comentário!

ATENÇÃO: Os comentários postados abaixo representam a opinião do leitor e não necessariamente do nosso site. Toda responsabilidade das mensagens é do autor da postagem.

Entrevistas com vereadores do ABC eleitos em 2016
Parceiros
Evolução e Mulher Determinada
Jornal Divulgação Exata - (11) 9 7240-3561 / (11) 9 6012-4549 - redacao@jornalexata.com.br
Copyright (c) 2017 - Jornal Divulgação Exata - Todos os direitos reservados