Esporte
Publicada em 27/11/17 as 13:48h - 21 visualizações
São Bernardo é a melhor classificada entre as cidades do ABC nos Jogos Abertos
Com modelo pioneiro de sede compartilhada aprovado pelos participantes, competição foi encerrada neste domingo (26/11), em Santo André

Kati Dias


 (Foto: Divulgação)

São Bernardo foi a cidade melhor classificada da região na 81ª edição dos Jogos Abertos do Interior, realizada com novo modelo de sede compartilhada, adotado de forma pioneira no Grande ABC. A cidade ficou em segundo lugar, somando 266 pontos, atrás da campeã São José dos Campos, que terminou a competição com 320 pontos. São Caetano ficou com a terceira colocação, somando 179 pontos.


Organizadas pelo Consórcio Intermunicipal do Grande ABC, em parceria com a Secretaria de Esporte, Lazer e Juventude, do Governo do Estado de São Paulo, as competições das 32 modalidades dos Jogos Abertos ocorreram em cinco cidades (São Bernardo, Santo André, São Caetano, Mauá e Ribeirão Pires e não apenas em um município, como tradicionalmente vinha ocorrendo. No total, foram investidos aproximadamente R$ 1,8 milhão na disputa deste ano, com recursos do Governo do Estado.


"Esse modelo pioneiro foi testado e aprovado. Tenho certeza de que foi inaugurada uma nova era nos Jogos Abertos do Interior. Nesse período de austeridade financeira, esse formato permitiu diluir os custos entre as cidades, além de explorar os melhores equipamentos esportivos de cada cidade envolvida, oferecendo aos atletas estrutura de excelência em todas as modalidades", explicou o prefeito e presidente do Consórcio Intermunicipal do Grande ABC Orlando Morando. 


O chefe do Executivo ficou muito satisfeito com o desempenho da equipe nos Jogos. "Ao assumirmos a Prefeitura, recebemos uma cidade endividada. O foco em 2017 foi colocar as contas em ordem, reduzindo onde era possível. Por essa razão, tivemos de reduzir o investimento em atletas de alto rendimento. Mas o vice-campeonato conquistado pela cidade mostra o grandioso trabalho feito em nossas categorias de base. Isso mostra o profissionalismo empregado em nossa base, que conta com excelentes profissionais na comissão técnica. Um trabalho que foi iniciado há mais de 20 anos", complementou.


Alex Mognon, secretário de Esporte e Lazer, só tem o que comemorar. "Nesse ano de transição, sabíamos que teríamos de inovar, contando com a nossa categoria de base. O desempenho de nossa cidade nos Jogos estava dentro da expectativa, especialmente porque sabíamos que São José dos Campos vinha com uma equipe com mais de 600 atletas. Conseguimos resultados expressivos em modalidades que não esperávamos. Faço questão de parabenizar todos os atletas e, especialmente as comissões técnicas, por todo o trabalho realizado na competição", disse.


Para o secretário, outro ponto forte de São Bernardo foi oferecer equipamentos esportivos de ponta para a disputa dos Jogos. "Foram só elogios para os nossos espaços. Concentramos cerca de 60% das atividades, disponibilizando estruturas de referência no alto rendimento como o Centro de Atletismo Professor Oswaldo Terra, o Centro de Ginástica Artística Marcel Francisco dos Santos, o Ginásio Poliesportivo, entre outros", finalizou.


Investimento - Potência esportiva no Estado, São Bernardo investe cerca de R$ 7 milhões no Esporte, sendo cerca de R$ 3 milhões de recursos próprios e outros R$ 2,25 milhões provenientes de convênios com Caixa Econômica Federal (CEF) e mais R$ 1,75 milhão de recurso de Lei de Incentivo. Este montante é aplicado na formação de atletas de base e adulto.





Deixe seu comentário!

ATENÇÃO: Os comentários postados abaixo representam a opinião do leitor e não necessariamente do nosso site. Toda responsabilidade das mensagens é do autor da postagem.

Parceiros
Jornal Divulgação Exata - (11) 2897-5833 - redacao@jornalexata.com.br
Copyright (c) 2017 - Jornal Divulgação Exata - Todos os direitos reservados