Quarta-feira, 25 de Abril de 2018

Esporte
Publicada em 23/11/17 as 10:05h - 93 visualizações
São Caetano do Sul é campeão em três modalidades, conquista uma prata e leva 43 pontos no 6º dia do JAI

Bignardi Junior/PMSCS


 (Foto: Junior Camargo/PMSCS)

O sexto dia de competições do 81º Jogos Abertos do Interior (JAI) Horácio 'Baby' Barioni foi de grandes conquistas para São Caetano do Sul, que foi campeão em três modalidades, conquistou ainda um vice-campeonato e fez 43 pontos apenas nas disputas de São Caetano do Sul.

 

Logo pela manhã, o Taekwondo mostrou que o dia seria de muita alegria aos são-caetanenses, com nove medalhas de ouro, uma prata e troféus de campeã geral tanto no Masculino quanto no Feminino, no Centro Poliesportivo Delenice Fonseca, no Bairro Cerâmica. "Esta é uma conquista inédita para São Caetano do Sul, pois até hoje nos Jogos Abertos do Interior nenhuma cidade havia conquistado medalhas de ouro em todas as oito categorias do Taekwondo (quatro no masculino e quatro no feminino)", ressaltou, orgulhoso, o professor Reginaldo dos Santos. Na luta marcial, 18 pontos para São Caetano do Sul.

 

À tarde, o dia de conquistas continuou com a garotada do Futsal Masculino Sub-21 da 2ª Divisão, com a excelente vitória sobre a forte equipe de Osasco, por 4 a 2, com o quarto gol no último segundo de jogo. Gustavo Dias, 18 anos, foi o grande destaque da equipe campeã. "Este é minha primeira competição de alto nível como o Jogos Abertos do Interior. Espero conquistar  mais títulos por aqui, estou muito feliz", definiu o ala campeão, nem um pouco cansado de comemorar com a medalha no pescoço, dando voltas na quadra do Centro Poliesportivo Joaquim Cambaúva Rabello, no Bairro Barce lona. No esporte da bola pesada, mais nove.

 

Já no final da tarde e início da noite, no Ginásio Milton Feijão, casa das disputas do vôlei, a torcida estava preparada para ver dois confrontos entre São Caetano do Sul e Mogi das Cruzes. No primeiro jogo, pelo Vôlei Feminino Livre, um vice-campeonato após a derrota por 3 a 1. "Jogamos a competição inteira com as meninas do sub-21, pois nosso time adulto estava com calendário da Superliga Feminina concomitante ao dos Jogos Aberto. Por isso estou satisfeita", disse a técnica Francine Bravo. Entre os meninos, o troco no Sub-21 da 1ª Divisão, com sonoros 3 a 0 e grande destaque para o l íbero Eduardo Xavier, de 18 anos. "É uma alegria imensa conquistar este título e nem sei como vou conseguir dormir essa noite de tanta felicidade", finalizou o líbero campeão, que se espelha no ex-melhor do Mundo Serginho Escadinha.




Deixe seu comentário!

ATENÇÃO: Os comentários postados abaixo representam a opinião do leitor e não necessariamente do nosso site. Toda responsabilidade das mensagens é do autor da postagem.

Parceiros
Jornal Divulgação Exata - (11) 2897-5833 - redacao@jornalexata.com.br
Copyright (c) 2018 - Jornal Divulgação Exata - Todos os direitos reservados