Esporte
Publicada em 15/09/16 as 16:05h - 198 visualizações
Com 49 medalhas Brasil ocupa a sétima posição nas paraolimpíadas

Rafael Madjarof


 (Foto: Divulgação)

O desempenho do pais sede das paraolimpíadas Rio 2016, está conforme o esperado, com 49 medalhas sendo 10 de Ouro, 24 de Prata e 15 de Bronze, o Brasil no momento ocupa a sétima posição, mas o objetivo do COB (Comitê Olímpico Brasileiro) é que o Brasil termine o quadro de medalhas na quinta posição. Para isso o Brasil terá que conquistar medalhas douradas a mais do que Austrália e Alemanha.

As 10 medalhas douradas brasileiras foram conquistadas em 3 modalidades: atletismo, bocha e natação. No atletismo, Ricardo Oliveira da Costa foi ouro na prova do salto em distância T11, Daniel Martins venceu a prova dos 400 metros T20, Claudiney Batista venceu a prova do Arremesso de disco F56, Shirlene Coelho venceu a prova do Lançamento de dardo F37, Alessandro Rodrigo da Silva Arremesso de disco ganhou a prova F11 e a equipe composta por  Gustavo Henrique, Felipe Gomes, Lucas Prado, Daniel Silva, Diogo Ualisson e Kesley Teodoro foi responsável por levar ouro na prova dos 4x100 masculino.

Na natação, em sua última paraolimpíada Daniel Silva, levou ouro em duas provas, nos 50 metros livres e nos 200 metros livres. Na bocha os atletas Antônio Leme, Evelyn de Oliveira e Evani Soares da Silva foram ouro na categoria duplas mistas BC3.

As 24 medalhas prateadas vieram de seis modalidades diferentes: Atletismo, Bocha, Halterofilismo, Judô, Natação e Tênis de mesa. No Atletismo, Odair Santos ficou com a prata nos 1500 e 5000 metros T11 masculino, Fábio Bordignon chegou em segundo nos 100 e 200 metros na categoria T35 masculino, Felipe Gomes ficou em segundo nos 100 metros T11, Verônica Hipólito pegou a prata nos 100 metros T38 feminino. Rodrigo Parreira ficou com a prata no Salto à Distância T36, Mateus Evangelista também ficou com a prata no Salto em distância T37. E duas equipes levaram prata no revezamento, a  equipe composta por Renato Nune, Yohansson Nascimento, Alan Fonteles e Petrúcio Ferreira foi prata no revezamento 4x100 e a equipe feminina de Alice de Oliveira Corrêa, Indayana Couto, Silvânia Costa, Terezinha Guilhermina, Jerusa Geber Santos e Lorena Salvatini   levou a prata nos 4x100 T11-T13.

Na natação o Brasil foi prata com,  Phelipe Rodrigues nos 50 metros livres, Daniel Dias nos 100 metros peito SB4, Carlos Farrenberg nos 50 metros livre S13, Andre Brasil 100m livre masculino S10, Joana Maria Silva nos 50 metros livre feminino e com duas  equipes de revezamento a primeira composta por Daniel Dias, Andre Brasil, Ruiter Silva e Phelipe Rodrigues que disputou o Revezamento 4x100m livre 34pts, e a segunda formada por Daniel Dias, Clodoaldo Silva, Edênia Garcia, Joana Maria Silva, Susana Ribeiro, Talisson Glock, Maiara Barreto e Patrícia Pereira que disputou os 4x50 m livre misto 20pts.

Na bocha, o Brasil foi prata com Dirceu Pinto Marcelo dos Santos Eliseu dos Santos na categoria  Duplas mistas BC4. No judô o Brasil ficou com a prata com Lúcia Teixeira na categoria até 57 kg feminino, Alana Maldonado na categoria até 70 kg feminino, Antônio Tenório na categoria até 100 kg masculino e Willians Araújo na categoria mais de 100 kg masculino. No Halterofilismo a medalha foi conquistada por Evânio da Silva na categoria até 88 kg masculino. E por último no Tênis de Mesa, Israel Pereira foi prata na Classe 7 Individual.

As 15 medalhas bronzeadas vieram de quatro modalidades diferentes: Atletismo,Ciclismo, Natação e Tênis de mesa. No atletismo o bronze veio com, Izabela Campos no Arremesso de disco F11, Rodrigo Parreira nos 100 metros T36 masculino, Yohansson Nascimento nos 100 metros T47 masculino, Teresinha de Jesus nos 100 metros T47 feminino, Edson Pinheiro nos 100 metros T38 masculino e Verônica Hipólito nos 400 m feminino T38.

Na Natação, o bronze veio com Daniel Dias nos 50 metros Borboleta, Matheus Souza nos 400 metros livres, André Brasil nos 100 metros borboleta, Talisson Glock nos 200 metros medley, Italo Pereira nos 100 metros nado de costas S7 e Phelipe Rodrigues nos 100m livre masculino S10. No tênis de mesa,  Bruna Costa Alexandre garantiu o bronze  na Classe 10 individual, E no Ciclismo, Lauro Cesar Chaman garantiu o terceiro posto na categoria Contra o relógio masculino C5.




Deixe seu comentário!

ATENÇÃO: Os comentários postados abaixo representam a opinião do leitor e não necessariamente do nosso site. Toda responsabilidade das mensagens é do autor da postagem.

Parceiros
Jornal Divulgação Exata - (11) 2897-5833 - redacao@jornalexata.com.br
Copyright (c) 2017 - Jornal Divulgação Exata - Todos os direitos reservados