Entretenimento
Publicada em 27/06/17 as 09:40h - 14 visualizações
ONG Reviva realiza festival de música autoral em prol das vítimas de Mariana – MG com Ana Cañas
Nomes como de Ana Cañas, Kivitz, Jão e Rodrigo Alarcon já estão confirmados

Jornal Divulgação Exata


 (Foto: Jornal Divulgação Exata)

No dia primeiro de julho, os amantes da boa musica tem um encontro marcado em São Bernardo do Campo. A ONG Reviva - que atua levando água para pessoas em situação de vulnerabilidade social no brasil e no exterior - promove o Reviva Festival, primeiro festival de musica autoral da entidade. O evento visa arrecadar fundos para a implementação de uma estação de tratamento de água na região que visa beneficiar diretamente os índios Krenak's.

 

Em parceria com a prefeitura de São Bernardo do Campo, o Reviva Festival vai contar com estrutura de palco e bancada de jurados para avaliar 10 apresentações. Os vencedores do primeiro e segundo lugar serão premiados pelo AA Estúdio.

 

No evento será possível encontrar uma praça de alimentação com diferentes food trucks, como o Buzina Food Truck, reconhecido na capital paulista pela sua qualidade.Parte do lucro da praça será revertida para a construção da estação de tratamento. A Loja Reviva marca presença no evento com venda de camisetas, gifts e outros itens, também com destinação de lucros para a estação.

 

"A expectativa é de que passem pelo local cerca de 3 mil pessoas para assistir as apresentações. A ONG contará com a ajuda de 50 voluntários que irão colaborar com o desenvolvimento dos shows e demais atividades" comenta Beatriz Marcelino, presidente da entidade.

 

Índios Krenak's

A maior tragédia ambiental da história do Brasil completará dois anos em 2017. Mariana, no interior de Minas Gerais, protagonizou momentos que chocaram o mundo com o rompimento barragem de rejeitos. Comovidos com a situação, em parceria com a Volvo Car Brasil e com experiência na área, em fevereiro de 2016, a ONG REVIVA lançou a Expedição AMARIANA, levando dez mil litros de água para as vítimas do desastre.

 

O rompimento da barragem na cidade mineira é considerado o maior do gênero em 100 anos, segundo estudos da Bowker Associates. Em visita a comunidade dos Índios,após diversas entrevistas realizadas no local, a entidade percebeu que os Krenak'sfoi um dos povos mais prejudicados com tragédia, uma vez que todo o seu sustento e acesso a água vinha do Rio Doce.

 

Segundo Bruno Silvestre, um dos responsáveis pelo projeto em Mariana "aONG Reviva planejaimplementar uma estação de tratamento para o Rio Doce por meio de energia solar e autossustentável.A estação vai beneficiar diretamente os índios, oferecendo água potável todos os dias para 500 Krenak's que vivem à margem do rio".

 

Ana Cañas

Dona de voz singular, a artista descobriu-se cantora após os 20 anos, depois de inclusive ter iniciado Artes Cênicas na ECA-USP, quando teve contato com a música. O primeiro disco "Amor e Caos", lançado em 2007, foi considerado por críticos como a grande promessa da música popular brasileira. Em 2009 chegou às lojas o segundo disco da cantora, "Hein?", que deixou bem claro que Ana Cañas não pode ser simplesmente rotulada 'disso' ou'daquilo'. Hein?contou com a participação de grandes nomes da MPB, como Gilberto Gil e Arnaldo Antunes, além do grande sucesso de Ana até então: "Esconderijo".

 

Ao longo dos anos, diversos outros nomes participaram da vida artística de Ana Cañas. Em 2015, lançou o disco "TôNa Vida" - o quarto de estúdio da carreira. Foi produzido por cio Maia (Nação Zumbi) em parceria com Ana e mixado por Mario CaldatoGravado em São Paulo, é o primeiro disco totalmente autoral da carreira da cantora. Tô Na Vida foi considerado pela crítica especializada o seu melhor disco, e traz as músicas "TôNa Vida", "Hoje Nunca Mais" e "Mulher".

 

Jão

Quem gosta e acompanha nas redes sociais os sucessos dos grandes artistas da música brasileira e internacional certamente já deve ter sido surpreendido por algum dos covers feitos por Jão. No início de 2016 o cantor decidiu então criar uma página para divulgar seu trabalho. A ideia inicial era publicar releituras inusitadas de hits de grandes artistas, trazendo como ponto comum de todas elas o toque especial de sua personalidade artística. O sucesso veio já no primeiro vídeo, uma versão de "Bang", da Anitta, que chamou atenção do público e de diversos veículos de imprensa.

 

Sucesso com os covers, Jão já acumula cerca de 100 mil ouvintes mensais no Spotify e mais de 7,5 milhões de views em seu canal no YouTube. O cantor agora encara o desafio de desenvolver seu primeiro projeto autoral, que será assinado pela HEAD Media , dos produtores Marcelinho Ferraz e Pedro Dash, responsáveis por alguns dos grandes artistas como Anitta, Projota, Emicida e MC Guimê. A previsão delançamento é para agosto deste ano, com a promessa de trazer novos ares para a música pop brasileira.

 

SERVIÇO - Reviva Festival

Quando: 01 de julho

Horário: A partir das13h

Onde - Av. Kennedy, 1155 - Parque Anchieta - Poliesportivo de São Bernardo do Campo

ENTRADA: Gratuita

 

Sobre a ONG REVIVA

 

Água é vida para a ONG REVIVA, que trabalha com projetos no Brasil e no exterior, levando esse bem tão precioso para pessoas em situação de vulnerabilidade social e fortalecendo iniciativas educacionais e culturais em torno dessas comunidades. A organização tem consciência da importância da água como elemento fundamental para a sobrevivência e saúde de todos e já beneficiou mais de 5.000 pessoas. O trabalho da REVIVA pode ser consultado através do site: www.ongreviva.org




Deixe seu comentário!

ATENÇÃO: Os comentários postados abaixo representam a opinião do leitor e não necessariamente do nosso site. Toda responsabilidade das mensagens é do autor da postagem.

Evolução e Mulher Determinada
Parceiros
Jornal Divulgação Exata - (11) 9 7240-3561 / (11) 9 6012-4549 - redacao@jornalexata.com.br
Copyright (c) 2017 - Jornal Divulgação Exata - Todos os direitos reservados