Cidades
Publicada em 07/06/17 as 13:10h - 53 visualizações
Consórcio estuda lançar centro regional de gerenciamento de emergências
Durante reunião mensal, prefeitos também reivindicaram a limpeza de piscinões e analisaram implantação do Polo Tecnológico do Grande ABC

Da Redação


 (Foto: Divulgação/ Consórcio ABC)

O Consórcio Intermunicipal Grande ABC fará uma licitação para implantar um centro de gerenciamento de emergências regional, responsável pelo monitoramento das condições meteorológicas nas sete cidades. O anúncio foi feito nesta terça-feira (6), durante a reunião mensal dos prefeitos.

O presidente da entidade e prefeito de São Bernardo do Campo, Orlando Morando, destacou o ineditismo da iniciativa para a região, beneficiando ações preventivas e a proteção do cidadão. "Além da instalação do centro de gerenciamento de emergências dentro do Consórcio, a população poderá contar com um aplicativo com informações precisas sobre fatores climáticos. Com isso, vamos reforçar a prevenção de deslizamentos de morros e encostas e de alagamentos na região", explicou.

Morando destacou ainda que a iniciativa teria um custo mensal estimado entre R$ 15 mil e R$ 20 mil mensais, o que representa um valor reduzido diante do benefício oferecido à população. Com informações atualizadas 24 horas por dia, o centro de gerenciamento de emergências possibilita maior eficiência em questões como programação de ações preventivas, definições de ações corretivas e planejamento de efetivos operacionais.

Piscinões

Os prefeitos reivindicaram a limpeza dos 19 piscinões do ABC sob responsabilidade do Departamento de Águas e Energia Elétrica (DAEE) ao subsecretário de Assuntos Metropolitanos, Edmur Mesquita, representante do governo estadual no Consórcio. Atualmente, apenas cinco reservatórios estão com a manutenção preventiva no estado adequado.

O balanço dos serviços foi apresentado durante a reunião. O presidente do Consórcio solicitou uma agenda com o superintendente do DAEE, Ricardo Borsari, e que em 15 dias seja apresentado um relatório com os serviços que ainda precisam ser realizados e o prazo para que a limpeza seja concluída.

"Por sorte, o volume maior de chuvas passou. Estamos entrando no período de inverno, com menor precipitação de chuvas, mas existe sazonalidade", afirmou Morando.

O acompanhamento está sendo realizado por meio de equipes técnicas de cada um dos municípios, com coordenação do Grupo de Trabalho (GT) Drenagem Urbana da entidade regional.

Polo Tecnológico

A reunião contou ainda com uma apresentação sobre a estruturação do Polo Tecnológico do Grande ABC, realizada pela Fundação Certi, contratada pelo Consórcio para a implantação do empreendimento.

O coordenador de projetos da Fundação Certi, Cleber Borba Nascimento, identificou as principais vocações da região, analisou tendências e cenários prospectivos e os potenciais científicos-tecnológicos das sete cidades. "Nosso esforço está concentrado no fortalecimento do Polo Tecnológico, integrado a outros equipamentos da região, possibilitando desenhar um ecossistema de inovação no Grande ABC", afirmou Nascimento.

Em maio, os secretários de Desenvolvimento das sete cidades participaram de uma missão técnica ao Sapiens Parque, polo de inovação localizado em Florianópolis (SC), idealizado pela Fundação Certi.

Para o presidente do Consórcio, graças aos esforços conjuntos dos municípios, a iniciativa segue progredindo. "Temos a certeza da viabilização do Polo Tecnológico do Grande ABC cada vez mais próxima, partindo da criação do Parque Tecnológico de Santo Andre", ressaltou Orlando Morando.

 




Deixe seu comentário!

ATENÇÃO: Os comentários postados abaixo representam a opinião do leitor e não necessariamente do nosso site. Toda responsabilidade das mensagens é do autor da postagem.

Parceiros
Jornal Divulgação Exata - (11) 2897-5833 - redacao@jornalexata.com.br
Copyright (c) 2017 - Jornal Divulgação Exata - Todos os direitos reservados