Cidades
Publicada em 12/08/16 as 14:53h - 199 visualizações
Eaosa entre em greve e afeta 14mil pessoas

Rafael Madjarof


 (Foto: Divulgação)

No dia 11/08, cerca de 250 funcionários da empresa Eaosa decidiram parar as atividades por conta de atrasos salariais. Eles já haviam cruzado os braços em julho pelo mesmo motivo. A paralisação afeta diretamente a vida de 14 mil funcionários.

O salário que era para ter sido pago no dia 5 ainda não foi recebido pelos funcionários. A EAOSA é uma das sete empresas pertencentes ao grupo BJS administrado pelo empresário Balthazar José de Souza, que já teve condenação de quatro anos de prisão por crimes financeiros e tributários e responde a mais de 200 processos na Justiça.

A EMTU determinou que empresas Ribeirão Pires e Rigras reforçariam a frota de linhas com itinerário coincidente aos serviços paralisados, de modo a garantir transporte aos usuários afetados pela paralisação. As linhas reforçadas são 040, 040EX1, 063, 063EX1, 064 e 177, da Viação Ribeirão Pires, e a 336, da Rigras. Além disso, a EMTU/SP recomenda aos usuários a utilização de serviços municipais e da linha 10 da CPTM.




Deixe seu comentário!

ATENÇÃO: Os comentários postados abaixo representam a opinião do leitor e não necessariamente do nosso site. Toda responsabilidade das mensagens é do autor da postagem.

Evolução e Mulher Determinada
Parceiros
Jornal Divulgação Exata - (11) 9 7240-3561 / (11) 9 6012-4549 - redacao@jornalexata.com.br
Copyright (c) 2017 - Jornal Divulgação Exata - Todos os direitos reservados