Cidades
Publicada em 25/07/16 as 12:54h - 293 visualizações
São Paulo inicia primeiros testes com fosfoetanolamina nesta segunda-feira

Rafael Madjarof


 (Foto: Divulgação)

Começou nesta segunda-feira (25), os primeiros testes em humanos da fosfoetanolamina, o composto que ficou conhecido como "pílula do câncer". Os testes estão sendo realizados no Instituto do Câncer do Estado de São Paulo (Icesp).

Na primeira fase do teste, a substância será aplicada em 10 pacientes para determinar a segurança da dose. Não havendo efeitos colaterais, a pesquisa será aberta atingindo 210 pacientes, sendo 10 tipos de câncer diferentes incluídos nos testes. Assim serão 21 pacientes com  cada tipo de doença recebendo três comprimidos da fosfoetanolamina.

Se ao menos três pacientes de cada um dos grupos de câncer apresentarem uma melhora na saúde devido ao uso da pílula. O governo disponibilizara os testes para mais 80 indivíduos. Caso contrário o estudo será encerrado no prazo estipulado de até seis meses.

Há de se lembrar que até mil pessoas poderão participar do processo de testes. O período estipulado para a pesquisa é de dois anos.

Os pacientes escolhidos, já estão sendo tratamento no instituto. Não haverá a inscrição de pacientes de fora neste primeiro momento. A diretoria do Icesp, disse que seria mais justo já tratar os pacientes da instituição para depois poder expandir o tratamento.

Os pacientes, não poderão ser medicados durante o processo. Por isso, as pessoas selecionadas respeitaram, o critério de poder estar dois meses sem o tratamento tradicional, sem impactar a expectativa de sobrevida durante os próximos meses. Segundo o governo paulista, há pílulas suficientes para a realização dos testes.




Deixe seu comentário!

ATENÇÃO: Os comentários postados abaixo representam a opinião do leitor e não necessariamente do nosso site. Toda responsabilidade das mensagens é do autor da postagem.

Parceiros
Jornal Divulgação Exata - (11) 2897-5833 - redacao@jornalexata.com.br
Copyright (c) 2017 - Jornal Divulgação Exata - Todos os direitos reservados