Cidades
Publicada em 19/07/16 as 14:08h - 130 visualizações
Exame do Cremesp classifica Medicina ABC entre as melhores faculdades do Estado
Em nível nacional, pela segunda vez consecutiva a FMABC contará com um membro na Comissão de Assessoria da Área de Medicina do ENADE

Da Redação


 (Foto: Divulgação)

A Faculdade de Medicina do ABC obteve em 2015 sua melhor média geral na avaliação anual do Conselho Regional de Medicina do Estado de São Paulo e permanece no topo do ranking das melhores instituições do Estado. A média das 30 escolas médicas paulistas com recém-formados que realizaram o "Exame do Cremesp" ano passado foi de 60,34. Metade das instituições não conseguiu atingir o aproveitamento mínimo de 60%. Um contraponto em relação ao desempenho da FMABC, que participou com 112 alunos e obteve conceito geral de 70,24.

 

"Novamente a Faculdade de Medicina do ABC ficou classificada entre as melhores instituições de ensino, com resultado expressivo na avaliação do Cremesp. Mostramos, mais uma vez, a força da FMABC, a qualidade de nosso ensino, do corpo docente e dos discentes", considera o diretor geral, Dr. Adilson Casemiro Pires.

 

Do total de 2.726 egressos que participaram do exame de 2015, 48,13% (ou 1.312) não alcançaram a nota mínima - ou seja, acertaram menos de 60% das 120 questões da prova. Entre os egressos de escolas públicas paulistas, a reprovação foi de 26,4%. Já entre os cursos de Medicina privados do Estado de São Paulo, 58,8% dos alunos foram reprovados. Atualmente existem 45 escolas médicas em atividade em São Paulo, das quais 30 foram avaliadas. As demais, abertas há menos de seis anos, ainda não haviam formado turmas à época do exame.

 

"O desempenho dos alunos da Medicina ABC na avaliação de 2015 foi superior ao dos anos anteriores. No exame de 2014, por exemplo, obtivemos conceito 64,78. Nesta última edição o desempenho foi ainda melhor e a nota saltou para 70,24", comemora o professor titular de Farmacologia e coordenador do curso de Medicina da FMABC, Dr. David Feder.

 

O exame do Cremesp de 2015 marcou a 11ª edição da avaliação, realizada em 18 de outubro, em 10 municípios paulistas: Botucatu, Campinas, Marília, Presidente Prudente, Ribeirão Preto, Santos, São Carlos, São José do Rio Preto, São Paulo e Taubaté. A prova foi composta por 120 questões de múltipla escolha e abrangeu as principais áreas da Medicina: Clínica Médica, Clínica Cirúrgica, Pediatria, Ginecologia, Obstetrícia, Saúde Pública, Saúde Mental, Bioética e Ciências Básicas.

 

RECONHECIMENTO NACIONAL

O bom desempenho obtido no exame do Cremesp também pode ser observado ao longo dos anos no ENADE - Exame Nacional de Desempenho de Estudantes, do Ministério da Educação. Trata-se de avaliação realizada a cada 3 anos para formandos das mais diversas graduações e que, neste 2016, abrangerá novamente alunos da área da Saúde, como Medicina, Enfermagem e Farmácia. Em 2013, a Faculdade de Medicina do ABC conquistou seu melhor resultado global de todas as edições. No Índice Geral de Cursos - IGC (avaliação institucional global), a FMABC obteve nota 4 (o conceito máximo da avaliação é 5). Já nos cursos isolados, Medicina e Enfermagem conquistaram a nota máxima 5 no ENADE, enquanto as graduações em Farmácia, Nutrição e Fisioterapia ficaram classificadas entre as melhores do país, todas com conceito 4.

 

Graças a esse bom desempenho, pela segunda vez consecutiva a Faculdade de Medicina do ABC contará com um membro na Comissão de Assessoria da Área de Medicina do ENADE. Em 2013, a professora titular de Patologia da FMABC, Dra. Deborah Krutman Zveibil, deu início à mandato de 3 anos. Neste ano, o titular de Farmacologia e coordenador do curso de Medicina, Dr. David Feder, foi designado para o mesmo cargo, para o período 2016-2018. "Os sete membros desta comissão são responsáveis, entre outras coisas, pela elaboração do conteúdo da prova dos formandos em Medicina e pela avaliação dos resultados. São professores das diferentes regiões do Brasil, escolhidos entre coordenadores e gestores das escolas com melhores notas no ENADE. Os resultados obtidos pela FMABC nos últimos anos, com nota máxima 5 em Medicina nas duas últimas avaliações, têm nos colocado em destaque junto ao Ministério da Educação", considera Dr. David Feder.

 

Para a Dra. Deborah Krutman Zveibil, a presença da FMABC no ENADE pode ser vista como "mais uma conquista da faculdade em seu processo de crescimento e aprimoramento". A docente completa: "O convite para integrar a comissão do ENADE foi muito importante, já que a comissão era formada por apenas seis participantes e todos de escolas médicas consideradas de alto nível, sendo duas delas privadas", revela a professora titular de Patologia, que acrescenta: "Durante os anos em que participei da comissão, vivenciamos um processo complexo que começou pela análise dos exames anteriores, aprendizagem da metodologia de aplicação e confecção do exame do ENADE, com a elaboração das provas a partir de banco de perguntas de professores, avaliação dos resultados e preparação do relatório da comissão. Pude atestar pessoalmente a seriedade da comissão e de todo o processo, guardado a sete chaves pelo sigilo dos participantes".




Deixe seu comentário!

ATENÇÃO: Os comentários postados abaixo representam a opinião do leitor e não necessariamente do nosso site. Toda responsabilidade das mensagens é do autor da postagem.

Evolução e Mulher Determinada
Parceiros
Jornal Divulgação Exata - (11) 9 7240-3561 / (11) 9 6012-4549 - redacao@jornalexata.com.br
Copyright (c) 2017 - Jornal Divulgação Exata - Todos os direitos reservados