Cidades
Publicada em 20/01/16 as 14:28h - 235 visualizações
67 dos 645 municípios de SP vivem epidemia de Dengue

Da Redação


 (Foto: Divulgação)

Pelo menos uma em cada dez cidades paulistas já vive epidemia de dengue, três meses antes do período de pico da doença, que é registrado historicamente no mês abril. O quadro considera o número de casos notificados de outubro a dezembro de 2015, período onde se iniciam as altas temperaturas e as chuvas, condições climáticas que são propícias à reprodução do mosquito Aedes aegypti, transmissor ainda da chikungunya e do zika vírus.

Estatísticas divulgadas no dia 18/01, no site do Centro de Vigilância Epidemiológica da Secretaria Estadual da Saúde mostram que 67 dos 645 municípios do Estado já registram, na temporada iniciada no último trimestre de 2015, taxa de incidência da doença acima de 300 casos por 100 mil habitantes, índice considerado epidêmico. Entre as cidades em situação alarmante estão Ribeirão Preto, São José dos Campos, São José do Rio Preto, Presidente Prudente, Ilhabela e Sorocaba.

O levantamento já aponta a possibilidade de que haja uma nova epidemia de dengue neste ano no Estado, que, em 2015, registrou o pior surto da doença em sua história, com 649.562 casos confirmados durante todo o ano, mais do que o triplo do relatado no ano anterior. Também houve recorde de mortos por complicações de dengue no território paulista: 454.

O número de municípios de São Paulo que alcançaram índice epidêmico, se considerado o acumulado de casos de todo o ano de 2015, também triplicou, passando de 142, em 2014, para 481 no ano passado.

Na cidade de Ribeirão Preto, desde outubro, o índice do número de casos confirmados tem triplicado mês a mês. Em outubro foram 60 casos, em novembro passou para 300, em dezembro já foram 800 confirmados e esse número poderá aumentar com a conclusão de exames. Só até o dia 18 de janeiro, já são 4 mil casos notificados. A cidade também registrou 72 casos suspeitos de zika vírus, com a confirmação de quatro, e dois de chikungunya. Diante do quadro, a prefeitura decretou estado de emergência.




Deixe seu comentário!

ATENÇÃO: Os comentários postados abaixo representam a opinião do leitor e não necessariamente do nosso site. Toda responsabilidade das mensagens é do autor da postagem.

Parceiros
Jornal Divulgação Exata - (11) 2897-5833 - redacao@jornalexata.com.br
Copyright (c) 2017 - Jornal Divulgação Exata - Todos os direitos reservados