Terça-feira, 24 de Abril de 2018

São Caetano do Sul
Publicada em 26/03/18 as 13:45h - 88 visualizações
São Caetano do Sul assina termo de fundação da Rede Paulista de Controladorias

Da Redação


 (Foto: Divulgação)

A REPAC (Rede Paulista de Controladorias), iniciativa dialogada entre as Controladorias municipais de São Paulo e de São Caetano do Sul, durante seminário sobre integridade pública realizado em novembro na USCS (Universidade Municipal de São Caetano do Sul), está oficialmente estabelecida.

 

O ato de assinatura do estatuto de criação da REPAC ocorreu nesta quinta-feira (22/03), no Theatro Municipal de São Paulo. Quinze cidades paulistas assinaram o termo. A presidência da entidade coube a Guilherme Mendes, Controlador Geral da capital. São Caetano do Sul ficou com a Primeira Vice-Presidência e Mogi das Cruzes, com a Segunda.

 

TROCA DE EXPERIÊNCIAS

A associação de caráter civil tem por objetivo a integração entre as Controladorias dos governos municipais do Estado, bem como o fortalecimento desses órgãos públicos. O intuito, segundo Mylene Gambale, Controladora Geral de São Caetano do Sul, é " fortalecer os órgãos de controle interno municipais, incentivar as cidades que ainda não têm Controladorias próprias a instituí-las, além da troca de experiências entre municípios para melhora da gestão pública.

 

O momento alto da cerimônia foi marcado pelo ato de assinatura do estatuto de criação da REPAC, seguido de reunião técnica entre os integrantes da associação, em que ficou definida uma próxima reunião para junho, em Indaiatuba. "Nesse ínterim, vamos registrar o estatuto, criar o site, definir as contribuições associativas, programar os próximos eventos e avaliar a necessidade de instalação de uma sede física", enumera Mylene Gambale.

 

CARÁTER PREVENTIVO

O Secretário Municipal de Justiça de São Paulo, Anderson Pomini, fez a abertura da cerimônia. Segundo ele, o papel dos órgãos de controle deve ter caráter preventivo, apontando equívocos e sugerindo correções aos gestores públicos.

 

Para o anfitrião Guilherme Mendes, Controlador Geral do município de São Paulo, a expectativa, com a criação da REPAC, é "promover a troca de ideias, pensar soluções, fortalecer o mecanismo de controle." O Controlador da capital também ressalta a importância da rede no intercâmbio com a sociedade civil organizada.

 

Simbolizando esse intercâmbio, no decorrer do encontro tiveram a palavra o representante da FGV (Fundação Getúlio Vargas): professor Gustavo Fernandes, da Agenda Pública: Sérgio Andrade, do Instituto Humanize: Natalia Leme e da Rede Nossa São Paulo: Américo Sampaio.




Deixe seu comentário!

ATENÇÃO: Os comentários postados abaixo representam a opinião do leitor e não necessariamente do nosso site. Toda responsabilidade das mensagens é do autor da postagem.

Parceiros
Jornal Divulgação Exata - (11) 2897-5833 - redacao@jornalexata.com.br
Copyright (c) 2018 - Jornal Divulgação Exata - Todos os direitos reservados