São Caetano do Sul
Publicada em 27/11/15 as 12:49h - 198 visualizações
Saúde e terceira idade de São Caetano se unem pela prevenção

Redação


Serviço de Cirurgia Vascular da cidade possui fila zero para tratamento cirúrgico de varizes  (Foto: Alexandre Yort)

São Caetano do Sul tem o melhor Índice de Desenvolvimento Humano Municipal (IDHM) do Brasil, segundo a Organização das Nações Unidas (ONU). Um fator fundamental para se chegar neste patamar é o trabalho de promoção da saúde e prevenção de riscos e doenças desenvolvido entre a Secretaria de Saúde e a Coordenadoria da Terceira Idade da Prefeitura. Determinada pelo prefeito Paulo Pinheiro, a parceria colabora para manter a qualidade de vida e aumentar ainda mais a longevidade da população sulsancaetanense, atualmente de 78,2 anos, uma das maiores do País.

Um exemplo dessa política pública de sucesso foi o 1º Dia de Prevenção à Doença Vascular e as atividades ao Dia Mundial do Diabetes, como caminhada, testes gratuitos de glicemia, aferições de pressão arterial e orientações com profissionais. A iniciativa, que integra o pacote de 12 ações do Programa Saúde Pra Você - Cuidar Para o Futuro, foi realizada neste mês, no Espaço Verde Chico Mendes, a fim de aprimorar a atenção aos habitantes acima de 60 anos, que representam um quarto da população do município.

"São Caetano é referência na saúde pública. Para tanto, trabalhamos com a prevenção para gerar menos gastos na medicina corretiva. É uma cidade Saudável e Ativa que ama a prática de esportes e combate o sedentarismo. Que oferece a todos, das crianças aos idosos, estímulo e oportunidades para se exercitar, reconhecendo que a vitalidade e o cuidado com o próprio bem-estar são o verdadeiro segredo da saúde", observou o chefe do Executivo.

A secretária municipal de Assistência e Inclusão Social e coordenadora municipal da Terceira Idade, Andreia Neves, destacou a conscientização nos quatros Centros Integrados de Saúde e Educação (CISEs) da cidade. "São Caetano oferece aos munícipes com mais de 50 anos diversos serviços gratuitos nos CISEs. São aproximadamente 17 mil associados. Toda divulgação e organização das campanhas de saúde para a Terceira e Quarta Idades ocorre em equipe com o objetivo de mostrar a importância da prevenção como forma de promover o envelhecimento com qualidade de vida."

De acordo com a coordenadora do serviço de Angiologia e Cirurgia Vascular de São Caetano, Dra. Lidiane Brand, "nos orgulhamos que o serviço de Cirurgia Vascular da cidade possua fila zero para tratamento cirúrgico de varizes e tempo de espera para consulta de cerca de 20 dias. Como há uma limitação para o tratamento arterial terciário, optamos pela prevenção maciça", afirmou.

O evento, gratuito para todos os moradores, foi direcionado às doenças vasculares dos membros inferiores. Durante a ocasião, em tendas instaladas no parque, foram feitas anamneses, com assinatura de termo de consentimento para trabalhos científicos, exame físico detalhado, aferição de PA, Dextro, IMC, orientação com preparadores físicos e fisioterapeutas, quanto às atividades recomendadas, além de Doppler para os casos selecionados. Também foram promovidos shows de música e dança durante toda a ação.

Após as avaliações, os médicos forneceram receitas e orientações impressas, para que os pacientes pudessem aguardar pelo retorno ao vascular para seguimento do atendimento - foram encaminhados 57 casos considerados assintomáticos ou pouco sintomáticos. No total, foram realizados 341 atendimentos e 50 exames de Doppler - encontrado um aneurisma incipiente.

A equipe foi formada por 30 profissionais, com grande apoio do Professor Dr. Sidnei Jose Galego, da Sociedade Brasileira de Angiologia e de Cirurgia Vascular - Regional São Paulo (SBACV-SP), que levou a Liga Acadêmica de Cirurgia Vascular da Faculdade de Medicina do ABC, sob sua orientação, o que colaborou para fazer do evento assistencial, também um evento científico.

O 1º Dia de Prevenção à Doença Vascular contou com o apoio da SBACV-SP, da Liga de Combate às Doenças Vasculares (LCDV), da Faculdade de Medicina do ABC, da Aché Laboratórios Farmacêuticos e da Venosan Meias Compressivas. "Já estamos preparando o evento de 2016, que integrará o calendário da Saúde, em que abordaremos a doença carotídea, com a pretensão de triar com Doppler o grupo de maior risco", disse a Dra. Brand.




Deixe seu comentário!

ATENÇÃO: Os comentários postados abaixo representam a opinião do leitor e não necessariamente do nosso site. Toda responsabilidade das mensagens é do autor da postagem.

Parceiros
Jornal Divulgação Exata - (11) 2897-5833 - redacao@jornalexata.com.br
Copyright (c) 2017 - Jornal Divulgação Exata - Todos os direitos reservados