Terça-feira, 24 de Abril de 2018

São Bernardo do Campo
Publicada em 13/04/18 as 11:05h - 36 visualizações
Creche conveniada no Alves Dias é beneficiada com repasse do Fundo Social de Solidariedade
Lar Maria Amélia, que mantém 180 crianças de 0 a 3 anos, é a 11ª instituição a receber aporte no valor de R$ 10 mil

Da Redação


 (Foto: Omar Matsumoto/PMSBC)

"Manter uma instituição sem fins lucrativos é uma luta diária. Mas nos orgulhamos desse trabalho que tem como finalidade o desenvolvimento integral das crianças atendidas na creche do Lar Maria Amélia". A declaração foi feita pelo presidente da instituição, Mário Dagoberto Lopes Steglich, ao receber nesta quinta-feira (12/04), na sede da entidade, no bairro Alves Dias, o 11º cheque em nome do Fundo Social de Solidariedade (FSS) das mãos do prefeito Orlando Morando. O ato também contou com a presença dos vereadores e demais autoridades.

 

"Estou muito feliz por conhecer essa instituição, que também é uma importante parceira da Prefeitura por meio de convênio com a Secretaria da Educação. E o FSS preocupado em dar maiores condições para as instituições sem fins lucrativos de São Bernardo, realiza esse repasse para o Lar Maria Amélia. Tenho certeza de que esses recursos serão utilizados para promover melhorias às nossas crianças", afirmou o chefe do Executivo.

 

No atendimento da creche desde 1994, o Lar Maria Amélia beneficia 180 crianças de 0 a 3 anos, contando com 36 colaboradores. Desde 2006, a entidade mantém parceria com a Prefeitura de São Bernardo, por meio da Secretaria da Educação, sendo uma das 22 creches parceiras que mantém 2.473 alunos.

 

A doação de recursos só foi possível após a sanção da lei municipal 6654/2018, que autoriza o FSS a doar recursos angariados junto à iniciativa privada. O montante total de R$ 554,2 mil em repasses foi arrecadado durante o Jantar de Aniversário da cidade, em agosto de 2017.  Para receber o aporte financeiro, as instituições devem comprovar cadastro nos conselhos municipais de órgãos sem fins lucrativos e apresentar os atestados de regularidade previdenciária, trabalhista, de funcionamento, entre outros.

 

As entidades estão sendo orientadas por grupo de trabalho multi secretarial da Prefeitura - formado pelas pastas de Finanças, Educação, Desenvolvimento Social e Cidadania e Procuradoria-Geral do Município (PGM) -, que atua no encaminhamento de processos de regularização das instituições para recebimento dos valores.

 




Deixe seu comentário!

ATENÇÃO: Os comentários postados abaixo representam a opinião do leitor e não necessariamente do nosso site. Toda responsabilidade das mensagens é do autor da postagem.

Parceiros
Jornal Divulgação Exata - (11) 2897-5833 - redacao@jornalexata.com.br
Copyright (c) 2018 - Jornal Divulgação Exata - Todos os direitos reservados