Sexta-feira, 17 de Agosto de 2018

São Bernardo do Campo
Publicada em 20/02/18 às 09:59h
Prefeitura de São Bernardo oficializa prorrogação da campanha contra a Febre Amarela
Prefeito Orlando Morando anunciou que todas as 34 UBS e 9 Upas continuarão a ofertar doses da vacina; até o momento 310.288 mil pessoas foram imunizadas

Gabriela Maria


 (Foto: Omar Matsumoto/PMSBC)

Em linha com o plano prioritário de proteger e conscientizar a sociedade sobre o vírus da Febre Amarela, o prefeito de São Bernardo, Orlando Morando, oficializou na manhã desta segunda-feira (19/02), a prorrogação da campanha de vacinação no município. Todas as 34 Unidades Básicas de Saúde (UBS) e as 9 Unidades de Pronto Atendimento (UPA) continuarão a ofertar as doses da vacina ao longo da semana.

O chefe do Executivo esteve em vistoria na UBS Planalto, acompanhado do secretário de Saúde, Dr. Geraldo Reple. O prefeito aproveitou a oportunidade para conversar com os pacientes e encorajá-los a tomar a dose da vacina.

"São Bernardo ainda não atingiu nem 50% da meta estipulada pelo Ministério da Saúde. Ou seja, mais da metade da população ainda não está protegida. Tomar a vacina é fundamental. As pessoas precisam ter medo da doença, do vírus da Febre Amarela e não da imunização", salientou Morando.

Desde o início da campanha (25/01), 310.288 mil doses já foram aplicadas, o que representa 44% da meta estipulada pelo Ministério da Saúde. Apesar da baixa adesão, a Prefeitura segue empenhada em imunizar e conscientizar a todos em relação a esse vírus de alta letalidade.

"Estamos muito preocupados com a Febre Amarela, por isso estamos aproximando ao máximo os postos de vacinação da casa das pessoas. A partir desta semana, vamos ampliar a vacinação casa a casa. Iremos colocar diversos profissionais na rua para atender a toda a demanda. Se as pessoas não vão até a vacina, nós vamos até elas", disse Reple.

No último sábado (17/02), a Prefeitura também participou da campanha nacional de vacinação, o "DIA D". Além das 34 UBSs, 9 Unidades de Pronto Atendimento (UPA) e a vacinação casa a casa, as doses também foram disponibilizadas em supermercados, shoppings e no Poupatempo.

Oportunidade essa que o segurança Joarez Rocha, de 53 anos, não deixou escapar. Assim que ele terminou as compras no supermercado Coop, no centro da cidade, aproveitou para se proteger.  "Estava receoso em tomar essa vacina, estava com medo da reação. Mas hoje, quando vi esse posto montado dentro do mercado não tive dúvidas. Criei coragem e tomei", explicou Joarez.

Já a vendedora Elaine Bezerra, de 44 anos, também aproveitou a chance para imunizar o filho no posto instalado no Poupatempo. Ela agradeceu a administração por facilitar o processo de imunização de sua família. "Na correria do dia a dia, ainda não tinha conseguido levar o meu filho e estava muito preocupada com isso. Hoje, vim fazer a carteirinha de ônibus e já aproveitamos para tomar a dose", apontou.




Deixe seu comentário!

ATENÇÃO: Os comentários postados abaixo representam a opinião do leitor e não necessariamente do nosso site. Toda responsabilidade das mensagens é do autor da postagem.

Parceiros
Jornal Divulgação Exata - (11) 2897-5833 - redacao@jornalexata.com.br
Copyright (c) 2018 - Jornal Divulgação Exata - Todos os direitos reservados