Quinta-feira, 22 de Fevereiro de 2018

São Bernardo do Campo
Publicada em 19/01/18 as 08:14h - 33 visualizações
São Bernardo oficializa entrada em Campanha Nacional de Vacinação contra Febre Amarela
Doses fracionadas serão aplicadas na população a partir de 25/01 em todas as 34 UBS do município

Gabriela Maria


 (Foto: Ricardo Cassin/PMSBC)

A Prefeitura de São Bernardo oficializou, nesta quinta-feira (18/01), sua participação na Campanha Nacional de Vacinação contra o vírus da Febre Amarela. A definição ocorreu em reunião com representantes do Governo de Estado, na sede do Consórcio Intermunicipal do Grande ABC. Foi determinado que, a partir do dia 25 de janeiro, todas as 34 Unidades Básicas de Saúde do município irão disponibilizar as doses fracionadas da vacina.

 

O município receberá  800 mil doses fracionadas, repassadas pela Secretaria de Saúde do Estado, com o objetivo de expandir a imunização. A diretora técnica da Divisão de Imunização da Secretaria de Saúde do Estado, Helena Sato, explicou que o Grande ABC não uma área de risco.

 

"Estamos tomando ações preventivas para toda esta região. Não é necessário criar pânico, queremos apenas proteger as pessoas e conscientizá-las sobre os perigos da doença. Vamos imunizar a população em um período de 15 dias. Além disso, faremos o dia "D" em dois sábados (03/02 e 24/02)", disse a diretora. Em São Bernardo, a Prefeitura adotará o calendário da vacinação do Estado e acrescentará um dia a mais, os dias "D" na cidade serão em  03, 04 e 24 de fevereiro.

 

O fracionamento das doses é uma determinação do Ministério da Saúde, ao invés de 0,5 ml, serão disponibilizadas 0,1 ml em cada procedimento. Este formato já foi utilizado durante períodos de surto em países como Angola e Kongo. No Brasil, será a primeira vez que a dose será fracionada. "A dose fracionada não é fraca, ela tem a mesmo efeito e proteção de uma dose tradicional. A sua única diferença é o tempo de proteção, que será de oito anos", esclareceu Sato.

 

Outra mudança é com a vacinação de idosos, que, a partir da campanha, não necessitarão mais apresentar laudo médico, apenas avaliação com a equipe de enfermagem. As crianças de 9 meses a 2 anos, serão imunizadas com a dose padrão, enquanto que e as gestantes, só serão imunizadas, mediante comprovação de moradia em área de risco.

 

O secretário de Saúde São Bernardo, Dr. Geraldo Reple enfatizou sobre a conscientização da campanha. "É importante esclarecer que o macaco não é o transmissor da doença. Na febre amarela silvestre, são os mosquitos dos gêneros Haemagogus e Sabethes que transmitem os vírus. Já na área urbana, o vírus é transmitido pelo mosquito Aedes aegypti. Os macacos são hospedeiros e indicador da existência da Febre Amarela. Por isso, não adianta maltratar e matar os animais, além de crueldade é considerado um crime ambiental. Precisamos apenas combater e eliminar os focos do mosquito", apontou.

 

Para se vacinar, basta ir até a UBS portando um documento com foto. Já as crianças precisam estar acompanhas dos pais ou responsáveis e apresentarem a caderneta de vacinação. O horário de funcionamento será de segunda a sexta-feira, 7h às 17h.

 

Treinamento - A Secretaria de Saúde de São Bernardo informou que, nesta sexta-feira (19/01), será realizado um encontro técnico com os profissionais da pasta. A meta é apresentar o fluxograma de atendimento e apontar os principais riscos e cuidados da Febre Amarela. Além disso, serão apresentadas medidas preventivas determinadas pela Secretaria de Saúde do Estado.




Deixe seu comentário!

ATENÇÃO: Os comentários postados abaixo representam a opinião do leitor e não necessariamente do nosso site. Toda responsabilidade das mensagens é do autor da postagem.

Parceiros
Jornal Divulgação Exata - (11) 2897-5833 - redacao@jornalexata.com.br
Copyright (c) 2018 - Jornal Divulgação Exata - Todos os direitos reservados