Terça-feira, 23 de Janeiro de 2018

São Bernardo do Campo
Publicada em 05/12/17 as 09:57h - 22 visualizações
Prefeitura de São Bernardo se antecipa e lança “Campanha de combate à Dengue 2018”
Prefeito Orlando Morando reuniu todas as pastas do governo e lançou operação para eliminar focos do mosquito aedes aegypti

Gabriela Vieira Maria


 (Foto: Omar Matsumoto)

A Prefeitura de São Bernardo se antecipou e lançou, nesta segunda-feira (04/12), a campanha "São Bernardo contra a Dengue 2018". O ato reuniu, no salão nobre do Paço Municipal, o chefe do Executivo  Orlando Morando, o secretário de Saúde, Dr. Geraldo Reple, o diretor do Departamento de Vigilância Sanitária, Dr. Wagner Kuroiwa, demais secretários e vereadores  da base aliada.

 

A preocupação e o cuidado com a dengue vem sendo constate em todo o município. Só neste ano, agentes comunitários epidemiológicos realizaram 944.819 visitas em imóveis. Nas abordagens, foram detectados e eliminados 748 focos do mosquito. Apenas quatro casos da doença foram confirmados no município.

 

Para o prefeito, antecipar as ações de combate  garantem maior efetividade na redução no número de casos "Prevenir a dengue é responsabilidade de todos. Precisamos conscientizar toda a população e impedir que os focos da doença sejam formados. Todas as secretarias estão interligadas para essa ação e, juntos, faremos com que a campanha da dengue 2018 seja tão bem-sucedida como a deste ano", destacou Morando.

 

Segundo dados do Ministério da Saúde, no próximo ano serão registrados 16 mil casos de dengue em toda a região do Grande ABC. "Decidimos , então, antecipar a campanha e iniciar as ações de combate. Nossos Agentes Comunitários de Epidemiologia estão trabalhando constantemente no combate aos focos ena conscientização da população", ressaltou o titular da Pasta, Reple.

 

O Chefe do Executivo explicou também que além da campanha de prevenção, o município está preparado para receber os pacientes, caso a doença seja confirmada. "Recebemos do Ministério da Saúde diversos kits de sorologia, que identificam com rapidez patologias como a dengue, o zica e a chikungunya. Além disso, todas as 34 Unidades Básicas de Saúde do município estão preparadas para atender esses pacientes e realizar os procedimentos necessários. Por isso, vale ressaltar, é muito mais fácil combater o mosquito do que tratar a doença", finalizou o Prefeito.




Deixe seu comentário!

ATENÇÃO: Os comentários postados abaixo representam a opinião do leitor e não necessariamente do nosso site. Toda responsabilidade das mensagens é do autor da postagem.

Parceiros
Jornal Divulgação Exata - (11) 2897-5833 - redacao@jornalexata.com.br
Copyright (c) 2018 - Jornal Divulgação Exata - Todos os direitos reservados