São Bernardo do Campo
Publicada em 15/08/17 as 13:37h - 41 visualizações
Com governo Orlando Morando, Volkswagen confirma aporte de R$ 2,6 bilhões na fábrica de São Bernardo
Montadora alemã anuncia desenvolvimento e produção do novo Polo e Virtus na unidade da cidade; prefeito participou das tratativas na Alemanha, no mês passado

Da Redação


 (Foto: Divulgação)

A Prefeitura de São Bernardo, sob gestão de Orlando Morando, recebeu nesta segunda-feira (14/08) a confirmação de um expressivo aporte financeiro que vai aquecer a economia, bem como impulsionar a geração de emprego e renda na cidade, em meio ao cenário de crise econômica e desemprego no País. A Volkswagen vai investir R$ 2,6 bilhões para o desenvolvimento e produção do novo Polo e o modelo sedã Virtus, na unidade do município. A iniciativa faz parte de um pacote de investimentos que vai movimentar R$ 7 bilhões até 2020.

O anúncio ocorreu na fábrica de São Bernardo, na presença do prefeito Orlando Morando, do governador Geraldo Alckmin, do ministro da Indústria, Comércio Exterior e Serviços, Marcos Pereira, do CEO da Volks no Brasil e América Sul, David Powels, além demais autoridades do poder público, da montadora e colaboradores.

Durante o ato oficial, o chefe do Executivo proferiu discurso enaltecendo a conquista para o município e destacando o trabalho que a gestão tem feito, pelo alinhamento de uma política de proximidade e de promoção de planos pelo desenvolvimento econômico.

"Sem dúvida, em um momento delicado como este na economia, a palavra de ordem é de integração e união de forças. Isso envolve a todos: o poder público, a empresa e o sindicato. Parceria esta que a gente vê a preservação de empregos e investimento para os próximos anos. Quando se fala da Volkswagen, pensa-se em São Bernardo", comentou.

Em janeiro, Morando esteve na primeira reunião com os diretores da fábrica alemã no Brasil, expondo todo o planejamento em torno do trabalho por incentivos e abertura de postos de trabalho. O diálogo se manteve ativo e, em junho, o prefeito de São Bernardo, a convite da diretoria da matriz da Alemanha, viajou a Wolfsburg, e participou da reunião que tornou oficial o projeto de investimento na fábrica do município.

"O momento é especial em nossa empresa. Coincidências felizes, uma vês que, ao completarmos 60 anos da primeira fábrica fora da Alemanha (unidade de São Bernardo), confirmamos investimento", pontuou David Powels.

O ministro da Indústria, Comércio Exterior e Serviços, Marcos Pereira, comemorou o investimento da Volkswagen "nesse momento que o Brasil passa por uma crise econômica, mas mostra sinais claros de recuperação". Ele também previu que uma nova política para o setor, ainda em discussão, será anunciada até o fim de 2017.

O governador Geraldo Alckmin exaltou a retomada da alta produção, destacando a história do município com a montadora. "Quando falamos de automóvel, lembramos de São Bernardo, a capital do automóvel. E ao falar de marca de carro, pensamos na Volkswagen. Isso é identidade. Quando a fábrica chegou à cidade, na década de 1950, cerca de 30 pessoas moravam no município. Duas décadas depois, 200 mil habitantes estavam em São Bernardo. E hoje, é uma das melhores cidades brasileiras", comentou.

Ao longo de 60 anos, a fábrica produziu 13,5 milhões de automóveis, sendo a Kombi o primeiro modelo. Foram empregados neste período 165 mil pessoas na unidade, que é a maior planta industrial do País.




Deixe seu comentário!

ATENÇÃO: Os comentários postados abaixo representam a opinião do leitor e não necessariamente do nosso site. Toda responsabilidade das mensagens é do autor da postagem.

Parceiros
Jornal Divulgação Exata - (11) 2897-5833 - redacao@jornalexata.com.br
Copyright (c) 2017 - Jornal Divulgação Exata - Todos os direitos reservados