São Bernardo do Campo
Publicada em 25/07/17 as 13:06h - 73 visualizações
Na 1ª ação conjunta entre polícias, “Noite Tranquila” intensifica abordagens no Centro
Operação que combate abusos sonoros e tumultos reforçou atuação na rota de bares da Avenida Kennedy, após denúncias de moradores do entorno

Da Redação


 (Foto: Divulgação)

Na primeira ação conjunta entre a Guarda Civil Municipal (GCM), Polícia Militar (PM) e Polícia Civil, a operação "Noite Tranquila" intensificou abordagens na região central, com foco na rota de bares da Avenida Kennedy, no bairro Jardim do Mar. A força-tarefa foi destacada para a área após crescente volume de denúncias de abusos sonoros e tumultos por parte dos moradores do entorno. Para coibir práticas irregulares e a perturbação de sossego envolvendo som alto e consumo de entorpecentes, a operação se utilizou de saturação de viaturas e bloqueios na área.


Ao todo, 433 pessoas foram abordadas, com vistoria de 112 veículos. As averiguações resultaram em 97 multas de trânsito, apreensão de quatro veículos por infrações graves e uma apreensão de veículo por volume excessivo, em desrespeito à Lei municipal 6323/13. Com apoio das secretarias de Serviços Urbanos, Obras, Transporte e Vias Públicas e Vigilância Sanitária, a ação também vistoriou 14 estabelecimentos comerciais, sendo um deles interditado por divergências aos padrões sanitários estabelecidos à sua categoria.


Além disso, foram aplicadas quatro notificações por ausência de alvarás, por parte dos fiscais da secretaria de Planejamento Urbano. Foi registrado ainda um flagrante de desacato, resultado na prisão do indivíduo. "Em quase oito meses de governo estamos devolvendo ao povo de São Bernardo a certeza de que há um governo municipal. Antes, a cidade estava dominada, uma verdadeira 'terra de ninguém'. As pessoas se achavam no direito de montar palco e botar banheiro da rua, sem prestar nenhuma satisfação ou respeitar as pessoas em volta. Isso acabou", enfatizou o prefeito Orlando Morando.


Ao todo, a operação contou com dez viaturas da GCM, oito carros da Polícia Militar e três da Polícia Civil por dia. Também foram destacados dois fiscais da Vigilância Sanitária, um fiscal de Planejamento Urbano e três agentes de trânsito. Além das viaturas policiais, a extensão de maior movimento da avenida foi reforçada com alunos soldados da PM e GCM fazendo rondas a pé.


"A ação visa os bairros que apresentam problemas com perturbação de sossego, sem distinção. Por isso, realizamos essas operações de bloqueios na Avenida Kennedy, que concentra vários bares e restaurantes e nos finais de semana apresenta um movimento grande de pessoas e veículos, principalmente na esquina com a Rua Olegário Herculano", explicou o secretário de Segurança Urbana, Coronel Carlos Alberto dos Santos.


União de forças -
A operação deste fim de semana foi a primeira a unir os efetivos da GCM, da PM e Polícia Civil. A adesão de ambas as corporações foi confirmada na semana passada e deverá se estender pelas próximas operações na cidade. A proposta é intensificar as abordagens com maior número de soldados nas ruas. A ação é realizada em locais alvos de denúncia da população, recebidas por meio do número 153 da GCM.




Deixe seu comentário!

ATENÇÃO: Os comentários postados abaixo representam a opinião do leitor e não necessariamente do nosso site. Toda responsabilidade das mensagens é do autor da postagem.

Parceiros
Jornal Divulgação Exata - (11) 2897-5833 - redacao@jornalexata.com.br
Copyright (c) 2017 - Jornal Divulgação Exata - Todos os direitos reservados