São Bernardo do Campo
Publicada em 21/07/17 as 10:22h - 55 visualizações
Polícias Militar e Civil unem-se à “Noite Tranquila” e reforçam segurança em São Bernardo
Adesão dos novos efetivos garantirá intensificação da operação, que chega ao terceiro mês com grande aceitação

Carla de Gragnani


 (Foto: Omar Matsumoto)

A operação "Noite Tranquila" promovida aos fins de semana em São Bernardo para combate de pancadões e outras atividades irregulares na cidade ganhará a, partir deste fim de semana, reforço das Polícias Militar e Civil. Liderada pela Guarda Civil Municipal (GCM), com apoio das secretarias de Serviços Urbanos, Obras, Transporte e Vigilância Sanitária, a ação chega ao terceiro mês com resultados amplamente aprovados pela população.


A adesão da PM e Polícia Civil garantirá a intensificação da força-tarefa e foi confirmada em reunião realizada nesta quinta-feira (20/07) no gabinete do prefeito Orlando Morando, com presença do secretário de Segurança Urbana, Coronel Carlos Alberto dos Santos, do secretário de Assuntos Jurídicos, Carlos Maciel, do Tenente-coronel, Ronaldo Gonçalves Faro, que atua no 6º Batalhão da PM, em São Bernardo, do delegado seccional de São Bernardo, Aldo Galiano Júnior, e do comandante interino do 40º batalhão da PM, Major Molino.


"Vamos intensificar as ações dentro da operação 'Noite Tranquila', que está indo para o terceiro mês, em pleno funcionamento, obtendo bons resultados e aceitação. Tenho convicção de que ele vai ser aprimorado com a participação mais efetiva da Polícia Civil e da Polícia Militar", destacou o chefe do Executivo. A operação é realizada em locais alvos de denúncia da população, recebidas por meio do número 153 da GCM.


Noite Tranquila -
Desde seu lançamento, a "Noite Tranquila" já interditou diversos estabelecimentos com grande recorrência de denúncias e enquadrou bares e lanchonetes por irregularidade quanto aos padrões sanitários, em bairros como Vila São Pedro, Calux, Montanhão, DER, entre outros, além da região do entorno da Universidade Metodista de São Paulo e da Avenida Kennedy. A operação também atua para dissipar tumultos e brigas causados por consumo excessivo de álcool e entorpecentes.


Também já foram apreendidas máquinas caça-níquel e encaminhamentos de prisões, além de apreensões de equipamentos produtores de sons em níveis de decibéis que extrapolam o permitido por lei. "Não seremos coniventes com irregularidades, como acontecia nas gestões passadas. Há lei que determina a garantia do sossego alheio e vamos cumpri-la", completou o titular da Segurança Urbana.  




Deixe seu comentário!

ATENÇÃO: Os comentários postados abaixo representam a opinião do leitor e não necessariamente do nosso site. Toda responsabilidade das mensagens é do autor da postagem.

Parceiros
Jornal Divulgação Exata - (11) 2897-5833 - redacao@jornalexata.com.br
Copyright (c) 2017 - Jornal Divulgação Exata - Todos os direitos reservados