São Bernardo do Campo
Publicada em 11/07/17 as 10:29h - 71 visualizações
Perto do 2º mês, “Noite Tranquila” consolida atuação em São Bernardo
Força-tarefa da Prefeitura estabelece bons resultados contra o pancadão com efetividade em abordagens

LEANDRO BALDINI


 (Foto: Divulgação/PMSBC)

Instituída pela Prefeitura de São Bernardo em 13 de maio para combater os pancadões e estabelecer a paz na cidade, a Operação "Noite Tranquila" consolidou neste fim de semana (dias 7, 8 e 9/07) mais uma atuação efetiva por diversos bairros no município, onde o destaque ficou pela apreensão de veículos, com alta de aparelhagem de som e que estavam perturbando a tranquilidade dos moradores.

O efetivo, que é liderado pela Guarda Civil Municipal (GCM) e que tem o apoio da Secretaria de Serviços Urbanos, Obras, Transporte e Vigilância Sanitária, registrou outras ocorrências determinantes, como a interdição de três estabelecimentos comerciais, outras quatro notificações por falta de alvará. Além disso, foram efetuados dois flagrantes de jogo de azar, resultando em duas prisões, além da apreensão de sete máquinas caça-níquel. Ao todo, neste fim de semana, a Operação abordou 512 pessoas suspeitas.

"O trabalho em torno da Operação Noite Tranquila segue com todo o apoio por parte deste governo, uma vez que vem mostrando, por números, sua efetividade e conquistando cada vez mais o apoio da nossa sociedade", comentou o prefeito Orlando Morando.

A força-tarefa foi motivada pelas recorrentes reclamações de moradores, que não conseguem dormir ou transitar em alguns bairros por conta dos bailes funk organizados por alguns estabelecimentos comerciais. A blitz já era realizada rotineiramente pela Guarda Civil. Porém, a administração potencializou a ação com a integração das secretarias, o que deu novo tom às abordagens e devem se estender a diversos pontos do município.

Neste fim de semana, as abordagens ocorreram nos bairros do Jardim Silvina, Royal Park, Centro, Vila São Pedro, Montanhão, entre outros.

Titular da Pasta de Segurança Urbana, Coronel Carlos Alberto dos Santos argumentou que a intensidade das abordagens vão prevalecer, pedindo cada vez mais a participação popular, por meio de denúncias no 153. "A nossa ação começa de maneira estratégica, antes do início dos pancadões. Isso tem sido determinante para os resultados. Cada ponto denunciado estamos verificando, por isso é importante a interação de todos os moradores de São Bernardo", afirmou.




Deixe seu comentário!

ATENÇÃO: Os comentários postados abaixo representam a opinião do leitor e não necessariamente do nosso site. Toda responsabilidade das mensagens é do autor da postagem.

Parceiros
Jornal Divulgação Exata - (11) 2897-5833 - redacao@jornalexata.com.br
Copyright (c) 2017 - Jornal Divulgação Exata - Todos os direitos reservados