São Bernardo do Campo
Publicada em 05/06/17 as 15:39h - 61 visualizações
Fundo Social entrega 1,2 tonelada de produtos ao Banco de Alimentos
Mantimentos foram arrecadados como ingresso a dois eventos realizados pela diretoria de Cultura da cidade

Da Redação


 (Foto: Divulgação)

O Fundo Social de Solidariedade (FSS) de São Bernardo, presidido pela primeira-dama Carla Morando, entregou nesta quinta-feira mais 1,2 tonelada de produtos não perecíveis ao Banco de Alimentos, coordenado pela secretaria de Desenvolvimento Social e Cidadania (Sedesc). Os mantimentos disponibilizados foram arrecadados como entrada a dois eventos realizados ao longo do mês de maio, em parceria com a diretoria de Cultura da cidade, comandada por Adalberto Guazzelli.

O primeiro deles foi a Palestra de Inteligência Emocional com Coaching, realizada no último dia 17, no Teatro Lauro Gomes. O evento teve presença de aproximadamente 600 pessoas, resultando em 660 quilos de alimentos arrecadados. O segundo evento foi o concerto da orquestra filarmônica, realizado no último domingo (28/05), no Parque Municipal Salvador Arena, no Rudge Ramos. Cerca de 600 pessoas prestigiaram a execução de clássicos orquestrados pelo talentoso maestro Fernando Matias.

"O volume de alimentos que conseguimos coletar por meio dessa parceria com a Cultura foi muito expressivo e mostra que, quando há articulação entre as áreas da Prefeitura, a gente consegue ir mais além e obter melhores resultados. Tenho certeza que esse volume vai ajudar muita gente e fazer a diferença na mesa das famílias de São Bernardo que precisam da nossa ajuda", salientou a primeira-dama Carla Morando.

Os alimentos arrecadados em ambas as atividades serão destinadas às famílias referenciadas na rede de assistência social do município, por meio do Centro de Referência de Assistência Social (Cras) e Centro Especializado de Assistência Social (Creas), além de entidades conveniadas junto à Sedesc.

Banco de Alimentos - O programa de segurança alimentar seleciona e encaminha alimentos geralmente dispensados por compradores e mercadistas, mas que ainda estão em condição plena de consumo. Após o recebimento, os lotes coletados passam por um rigoroso processo de refrigeração, seleção, reembalo e etiquetação. Ao final do processo, cestas de alimentos são montadas para distribuição entre a população assistida pela Prefeitura.

 




Deixe seu comentário!

ATENÇÃO: Os comentários postados abaixo representam a opinião do leitor e não necessariamente do nosso site. Toda responsabilidade das mensagens é do autor da postagem.

Parceiros
Jornal Divulgação Exata - (11) 2897-5833 - redacao@jornalexata.com.br
Copyright (c) 2017 - Jornal Divulgação Exata - Todos os direitos reservados