Quarta-feira, 25 de Abril de 2018

Santo André
Publicada em 19/01/18 as 08:24h - 455 visualizações
Vereadores de Santo André estudam criar Comissão para analisar distorções no IPTU
Parlamentares se reuniram na tarde desta quinta-feira (18) para ampliar diálogo com Executivo e rever casos específicos de cobrança de IPTU na cidade

Da Redação


 (Foto: Divulgação)

Santo André, 18 de janeiro de 2018 - Os vereadores da Câmara de Santo André se reuniram, na tarde desta quinta-feira (18), para ampliar diálogo com o Executivo com o intuito de revisar possíveis distorções no cálculo do IPTU (Imposto Predial Territorial Urbano) na cidade, com base na alteração da planta genérica, apresentada pela Administração Municipal em junho do ano passado.


Participaram do encontro o presidente da Casa, Almir Cicote (PSB), o líder de governo Pedrinho Botaro (PSD), além dos parlamentares André Scarpino (PSDB), Jorge Kina (PSB), Professor Minhoca (PSDB), Zezão (PDT), Dr. Fábio Lopes (PPS), Edilson Fumassa (PSDB), Ronaldo de Castro (PRB), Elian Santana (SD), Luiz Alberto (PT), Lucas Zacarias (PTB) e Dr. Marcos Pinchiari (PTB).


"Alguns munícipes estão nos procurando e questionando o aumento do valor venal, que cresceu muito e estaria, portanto, em discrepância em relação ao valor de mercado. Por isso, iniciamos esta conversa e, se necessário, estudaremos a criação de uma Comissão Especial para avaliar caso a caso", ponderou Minhoca, que avalia a possibilidade de equiparação de valores para não comprometer, por exemplo, transações imobiliárias.


De acordo com o vereador Fábio Lopes, há incoerências quando se analisa as regiões do município. "Para termos um exemplo prático, avaliações técnicas no bairro Sacadura Cabral, por exemplo, apontam um valor de R$ 1.200,00 por metro quadrado. No entanto, a nova base de cálculo estima valores de até 2.900,00. É o caso da Av. Novo Horizonte e da Av. Gago Coutinho, cujo metro quadrado custaria, agora, R$ 2.400,00, ao passo que a Av. Príncipe de Gales, mais Central e que deveria ser mais valorizada, teria seu metro quadrado avaliado em R$ 1.600,00.


Para fortalecer o diálogo com a Prefeitura, os vereadores convidarão o secretário de Finanças, José Greco, para uma reunião na próxima segunda-feira (22), às 15h. Do encontro, espera-se a consolidação de um movimento de colaboração entre Poder Público e sociedade civil.


O Legislativo ressalta seu papel de mediador entre a população e o Executivo, em busca das melhores soluções para a cidade. "Temos um compromisso com a nossa Administração, mas jamais vamos deixar de estar ao lado da sociedade. Ocorrendo distorções, pretendemos corrigir", ressaltou Fábio Lopes.




Deixe seu comentário!

ATENÇÃO: Os comentários postados abaixo representam a opinião do leitor e não necessariamente do nosso site. Toda responsabilidade das mensagens é do autor da postagem.

Parceiros
Jornal Divulgação Exata - (11) 2897-5833 - redacao@jornalexata.com.br
Copyright (c) 2018 - Jornal Divulgação Exata - Todos os direitos reservados