Santo André
Publicada em 01/09/17 as 13:52h - 89 visualizações
Câmara de Santo André está decidindo agora futuro do prefeito Paulo Serra
Cicote decide se Paulinho terá mandato cassado ainda hoje

Montero Netto


 (Foto: Divulgação)

A discussão, iniciada na manhã de hoje, sexta-feira (1) na Presidência da Câmara, sobre a aceitação ou não do pedido de cassação do mandato do prefeito Paulo Serra (PSDB) continua movimentando a política local e a Mesa Diretora do Legislativo. Iniciada as 10hs, a analise do documento protocolado na Casa de Leis, por João Vicente Moraes Valdes e Luiz Carlos de Oliveira, voltará a ser pauta do presidente Almir Cicote (PSB) a partir das 14h, já que o socialista fez uma pausa para almoço. Eles também discutem a adoção de um Código de Ética.

O pedido de impeachment de Serra está baseado, segundo os autores da solicitação, no desrespeito do prefeito a uma lei do ex-prefeito Celso Daniel (PT) que obriga que as placas de obras tenhammarcadas informações a respeito do custo e prazo de duração das obras. A regra não foi obedecida nas placas que estão a frente das Unidades de Saúde fechadas, de maneira abrupta, pelo prefeito Serra. "É lei e o prefeito não cumpriu o que configura improbidade administrativa e justifica nosso pedido", garante Valdes.

Se aceitarem o pedido de cassação os membros da Mesa Diretora da Câmara devem levar o tema ao plenário para deliberação dos vereadores que podem iniciar processo de cassação ou não. Entramos em contato com a Presidência do Legislativo que, por meio de sua assessoria prometeu emitir nota sobre o tema assim que terminar a reunião.




Deixe seu comentário!

ATENÇÃO: Os comentários postados abaixo representam a opinião do leitor e não necessariamente do nosso site. Toda responsabilidade das mensagens é do autor da postagem.

Parceiros
Jornal Divulgação Exata - (11) 2897-5833 - redacao@jornalexata.com.br
Copyright (c) 2017 - Jornal Divulgação Exata - Todos os direitos reservados