Santo André
Publicada em 25/08/17 as 16:12h - 199 visualizações
Secretária agredida, Unidades fechadas e manifestações ferem Administração tucana em Santo André
Presidente da Câmara não concorda com alegação do governo de falta de segurança na Casa

Montero Netto


 (Foto: Divulgação)

A ida da secretária de Saúde Ana Paula Peña Dias, a Câmara de Santo André, na manhã desta quinta-feira (24), para explicar aos vereadores, em reunião fechada sobre fechamento de Unidades de Saúde causou mais uma ferida na imagem da Administração do prefeito Paulo Serra (PSDB). Populares e integrantes de movimentos que, segundo o governo, foram orientados pelo PT e oposição, agrediram a gestora fisicamente e moralmente, como foi relatado por ela em boletim de ocorrência registrado no 4º DP de Santo André.

Os fatos ocorreram, segundo Ana Paula desde o momento em que foi iniciada a reunião fechada no Legislativo, proibida a participação popular, se estendendo para a praça pública, onde ela tentou explicar as pessoas o porque do fechamento das sete unidades de Saúde na cidade.

Segundo release enviado aos jornalistas pela assessoria de Comunicação do prefeito Paulo Serra "Ana Paula Peña Dias foi convidada a comparecer ao Legislativo para prestar esclarecimentos aos vereadores sobre o programa Qualisaúde, quando foi ofendida e intimidada".A Prefeitura, ressaltou ainda que a secretária " foi colocada em risco por conta da falta de segurança no local".

Diante deste fato o presidente da Câmara, vereador Almir Cicote (PSB) rechaçou os argumentos do governo tucano, não concordando com a alegação. " Quanto a segurança da Casa é suficiente para atender as necessidades dos vereadores.O que precisamos saber é sobre a Saúde que está sendo muito mal cuidada e continuamos com algumas duvidas quanto ao planejamento do fechamento dos postos, o prazo de entrega das obras, de como vai ser o sistema de informação. Vamos aguardar o retorno da titular da pasta para que tenhamos todas as dúvidas sanadas".

Já no período da tarde a secretária de Saúde recebeu o apoio de pessoas em um ato de desagravo, contra as agressões sofridas, em frente ao prédio do Legislativo com a presença, segundo o governo Serra de cerca de 300 pessoas. Cartazes, aplausos e muita emoção marcaram o ato.

 

Reunião e tumulto - Na manhã desta quinta-feira (25) a confusão começou 20 minutos após ter sido iniciada a reunião, a portas fechadas, sem a presença da população e dos veículos de imprensa, entre a secretária e os vereadores, 14 no total. Segundo a imprensa oficial da Prefeitura o vereador Willians Bezerra (PT) incitou pessoas a ofender a secretária e chutar a porta do Plenarinho, local do encontro ameaçando até invadir o local.

A reportagem do Divulgação Exata entrou em contato com o petista, o qual descreveu o que teria ocorrido. Segundo ele, o prefeito Paulo Serra foi quem agrediu a população ao nomear a secretária Ana Paula que não deveria estar no cargo. Sobre a confusão, Bezerra disse que convidou sim a população participar, pois não concorda com reuniões a portas fechadas. Sobre ter batido na porta o vereador disparou. "Bati na porta para entrar porque como vereador tenho o direito de entrar em qualquer dependência da Casa, e eu estava sendo impedido. O que ocorreu foi que um segurança do governo me impediu de entrar, o que é ilegal e imoral. Ele segurança não deveria estar ali e me puxou pelo braço de forma agressiva, tudo está registrado em vídeos que estão na minha rede social", frisou.

Sobre da secretária Ana Paula que afirmou que poderia retomar sua vida, atendendo confortável em seu consultório e lecionando na faculdade de medicina, Bezerra é direto. "Querem torna-la vitima para tirar o foco da questão principal que é o fechamento das Unidades e os desmandos que vem ocorrendo na cidade", finaliza.




Deixe seu comentário!

ATENÇÃO: Os comentários postados abaixo representam a opinião do leitor e não necessariamente do nosso site. Toda responsabilidade das mensagens é do autor da postagem.

Parceiros
Jornal Divulgação Exata - (11) 2897-5833 - redacao@jornalexata.com.br
Copyright (c) 2017 - Jornal Divulgação Exata - Todos os direitos reservados