Santo André
Publicada em 24/08/17 as 16:16h - 38 visualizações
Audiência com secretária de Saúde na Câmara de Sto. André é interrompida por manifestação
Oposição ao Executivo, vereador Willians Bezerra (PT) e manifestantes protestaram na porta do Plenarinho após não ter acesso à reunião

Da Redação


 (Foto: Divulgação)

Santo André, 24 de agosto de 2017 - A vinda da secretária de Saúde, Dra. Ana Paula Peña Dias, ocorrida na manhã desta quinta-feira (24/08), à Câmara de Santo André para sanar dúvidas dos vereadores sobre o programa Qualisaúde, do Executivo - que fechou temporariamente sete equipamentos de Saúde na cidade para reforma e modernização -  terminou de forma tumultuada.

Os parlamentares que compareceram ao encontro - Almir Cicote (PSB), Jorge Kina (PSB), Pedrinho Botaro (PSDB), André Scarpino (PSDB), Professor Minhoca (PSDB), Edilson Fumassa (PSDB), Rodolfo Donetti (PPS), DSargento Lôbo (SD), Elian Santana (SD), Dr. Marcos Pinchiari (PTB), Lucas Zacarias (PTB), Zezão (PDT) e Toninho de Jesus (PMN) - se reuniram com a titular da Pasta, além do vice-prefeito, Luiz Zacarias, e o superintendente da Unidade de Assuntos Institucionais e Comunitários, Carlos Bianchin.

O único vereador da bancada oposicionista presente, Willians Bezerra (PT), solicitou, no início da reunião, que a explanação fosse feita em Plenário, para que a população pudesse acompanhar. A maioria dos vereadores, no entanto, optou pela manutenção da reunião no Plenarinho.

"Vim justamente para pedir que a reunião fosse aberta à população e à imprensa. Mas, novamente o governo está blindando a secretária e fazendo reuniões a portas fechadas. Não vou participar e vou continuar entrando com requerimento para que ela venha em Plenário, durante a sessão, esclarecer esse projeto aos moradores e à imprensa", reivindicou Bezerra.

Munícipes que aguardavam pela conversa em plenário acompanharam o petista à porta da sala de reuniões e protestaram contra a decisão. Um princípio de tumulto, sob gritos de protestos que pediam que a secretária atendesse a população foi formado e precisou da intervenção dos Guardas Civis Municipais (GCM) para o encerramento do encontro.

De acordo com a titular da Pasta, a manifestação popular foi não foi pacífica e prejudicou o esclarecimento de dúvidas. "Ficamos acuados, sendo ameaçados, com pessoas dizendo que iriam invadir o local. Na medida do possível, esclareci as dúvidas dos vereadores. Mas me assusta a falta de segurança nesta Casa e me causa estranheza a quantidade de pessoas que conseguiram invadir a antessala do Plenarinho", criticou Dr. Ana Paula.

Para o chefe do Legislativo, Almir Cicote (PSB), o que precisa ser discutido não é a segurança da Câmara, mas a Saúde. "Entendo que é importante ouvir a secretária em Plenário, para conseguirmos esclarecer todas as dúvidas. Quanto à segurança da Casa, é suficiente para atender as necessidades dos vereadores. O que precisamos saber é sobre a Saúde, que está sendo muito mal cuidada. E continuamos com algumas dúvidas quanto ao planejamento do fechamento dos postos, o prazo de entrega das obras, de como vai ser o sistema de informatização. Vamos aguardar o retorno da titular da Pasta para que tenhamos todas as dúvidas sanadas", rebateu Cicote.

 

Já o líder de governo, Pedrinho Botaro (PSDB) a base aliada foi contemplada com as informações prestadas pela Dra. Ana Paula. "A secretária deu todas as informações, não fugiu de nenhum questionamento, mas fomos interrompidos por uma manifestação que ameaçou invadir o espaço, na qual foram usadas palavras de baixão calão e, por isso, nem todos puderam fazer os questionamentos. Respeitamos todas as formas de manifestações, mas o ambiente e o local escolhido não foi o adequado", ponderou o tucano.

Uma nova tentativa de convocação à secretária deve ser impetrada hoje (24), na sessão ordinária, às 15h, pela bancada de oposição. Alguns vereadores da base aliada, no entanto, sinalizam aderir ao requerimento para que o debate seja levado ao Plenário e os esclarecimentos sejam concluídos.




Deixe seu comentário!

ATENÇÃO: Os comentários postados abaixo representam a opinião do leitor e não necessariamente do nosso site. Toda responsabilidade das mensagens é do autor da postagem.

Parceiros
Jornal Divulgação Exata - (11) 2897-5833 - redacao@jornalexata.com.br
Copyright (c) 2017 - Jornal Divulgação Exata - Todos os direitos reservados