Santo André
Publicada em 25/07/17 as 17:45h - 71 visualizações
Santo André lança Programa Mais Saber e estende permanência de alunos nas escolas
Estudantes poderão fazer oficinas das mais diversas áreas em 17 Escolas Municipais de Educação Infantil e Ensino Fundamental

Da Redação


 (Foto: Divulgação)

Nesta terça-feira (25) teve início em Santo André o programa Mais Saber, que irá estender em duas horas diárias a permanência de alunos de 17 Emeiefs (Escolas Municipais de Educação Infantil e Ensino Fundamental) da cidade. No período em que permanecerão na escola, os estudantes poderão fazer oficinas de artes, atividades rítmicas e recreativas, arte musical, sustentabilidade e cidadania e valores, além de aulas de Língua Portuguesa e Matemática.

"Depois que colocamos a casa em ordem, regularizando questões básicas como a entrega de uniformes, material escolar, merenda e contratação de professores, pudemos começar a dar esse salto de qualidade no atendimento da Educação, com esta iniciativa que é um braço muito importante de um grande programa de educação integral que vamos construir e que será uma marca desta gestão", afirmou o prefeito Paulo Serra.  

O programa, que deve beneficiar 100 crianças por unidade, será realizado com recursos do Fundo Municipal de Educação, o que dá ao programa um caráter inédito. A estimativa da Secretaria de Educação é de que sejam investidos R$ 250 mil no programa até o final do ano e que o investimento anual chegue a cerca de R$ 700 mil, valor que inclui transporte para os alunos que necessitarem. O Fundo Municipal de Educação tem parte de seus recursos vindos da arrecadação da Sabina Escola Parque do Conhecimento, um espaço voltado para o aprendizado da ciência e das artes de forma lúdica e interativa.

"Infelizmente a cidade, no ano passado, perdeu o prazo para inscrição no programa federal Mais Educação, que funciona nos mesmos moldes deste, e que já havia sido implementado em Santo André em anos anteriores. Por isso os alunos ficaram sem acesso às atividades no primeiro semestre deste ano. A atual administração, com criatividade e persistência, está conseguindo voltar a oferecer esse benefício", disse o prefeito.  Segundo a secretária de Educação, Dinah Zekcer, a Prefeitura deverá fazer o cadastramento no programa do governo federal neste ano, o que vai permitir que o atendimento seja ampliado no ano que vem.

A equipe de monitores que desenvolverá as atividades será composta por membros da comunidade local, selecionados pela Equipe Escolar e Conselho de Escola, e receberão ajuda de custo. A ideia é aproveitar os conhecimentos das pessoas da comunidade, a identidade do local e aproximar as famílias da escola. Segundo Dinah Zekcer, as escolas terão autonomia para definir quais as oficinas que serão oferecidas e os dias da semana, com exceção das aulas de Língua Portuguesa e Matemática. As aulas destas matérias serão ministradas por professores da rede municipal de ensino com flexibilização de jornada.

Cada unidade também terá autonomia para definir o processo de inscrição para o programa Mais Saber. Em cada escola integrante do programa, serão disponibilizadas duas turmas para os alunos da manhã (das 12h às 14h), sendo uma turma para os alunos do primeiro ciclo (1º ao 3º ano) e uma para os alunos do segundo ciclo (4º e 5º anos), e duas turmas para os estudantes da tarde (das 11h às 13h), também de acordo com os ciclos. Santo André tem ao todo 52 Emeiefs e já são desenvolvidas ações de formação integral para alunos da rede nos onze CESAs (Centros Educacionais de Santo André), por meio das  ações complementares.

 




Deixe seu comentário!

ATENÇÃO: Os comentários postados abaixo representam a opinião do leitor e não necessariamente do nosso site. Toda responsabilidade das mensagens é do autor da postagem.

Parceiros
Jornal Divulgação Exata - (11) 2897-5833 - redacao@jornalexata.com.br
Copyright (c) 2017 - Jornal Divulgação Exata - Todos os direitos reservados