Quinta-feira, 27 de Abril de 2017

Buscar   OK
Santo André
Publicada em 25/02/16 as 16:07h - 167 visualizações
Multa aplicada a Guarará tem valor menor que 0,1% do valor de ônibus 0km

Da Redação


 (Foto: Divulgação)

A multa aplicada a empresa de ônibus Expresso Guarará, de Santo André, por rodar com ônibus acima da idade permitida corresponde a menos de 0,1% do valor de um coletivo zero-quilômetro.

No dia 22/2, uma das operadoras do sistema de transporte coletivo de Santo André fora penalizada em R$ 351,32 pela SATrans, gerenciadora da rede, por circular com 11 carros que deveriam estar aposentados desde 2012 - nove articulados e dois padron.

Cada modelo do tipo articulado custa, aproximadamente, R$ 1 milhão. Já os tipo padron estão avaliados em cerca de R$ 600 mil. O valor da multa corresponde a 0,035% de um carro articulado novo, enquanto equivale a 0,058% de um ônibus padron.

Em outro cálculo, seriam necessárias 284,9 mil punições para que as multas somassem o valor de um ônibus articulado. No caso dos carros tipo padron, teriam de ser aplicadas 170.940 penas para alcançar a quantia total de um modelo zero-quilômetro.

A notificação encaminhada pela SATrans à Expresso Guarará aponta que 13 ônibus teriam de ser recolhidos, sendo nove ônibus articulados são de 2000 que teriam de ser retirados de circulação em 2012. Já os tipo padron foram fabricados em 2002 e também precisariam ser recolhidos há quatro anos.

A Expresso Guarará opera atualmente 17 linhas do transporte de Santo André, a maioria na região da Vila Luzita. Possuí dívida de R$ 15 milhões com a concessionária do sistema e enfrenta graves problemas financeiros.




Deixe seu comentário!

ATENÇÃO: Os comentários postados abaixo representam a opinião do leitor e não necessariamente do nosso site. Toda responsabilidade das mensagens é do autor da postagem.

Entrevistas com vereadores do ABC eleitos em 2016
Parceiros
Evolução e Mulher Determinada
Jornal Divulgação Exata - (11) 9 7240-3561 / (11) 9 6012-4549 - redacao@jornalexata.com.br
Copyright (c) 2017 - Jornal Divulgação Exata - Todos os direitos reservados