Quinta-feira, 22 de Fevereiro de 2018

Ribeirão Pires
Publicada em 19/01/18 as 10:59h - 44 visualizações
Prefeitura de Ribeirão zera fila de espera por tomografia
Em 2017, retomada de serviços essenciais e reorganização administrativa e da gestão da saúde fortaleceram instrumentos de diagnóstico da rede

Redação


 (Foto: Divulgação/PMRP)

Em apenas dois meses de funcionamento, o tomógrafo da rede municipal de Ribeirão Pires, instalado no Hospital e Maternidade São Lucas, apresenta bons resultados para a saúde pública da cidade. Inaugurado no final de novembro do último ano, o equipamento atendeu toda a demanda reprimida desde 2015, zerando, no início deste ano, a fila de espera pelo exame.

 

As equipes da Saúde realizaram o agendamento de cerca de 530 pacientes que estavam na fila até o último ano. Do total, 452 compareceram na data marcada, resultando em aproximadamente 1300 tomografias feitas - cada paciente pode ter mais de um exame solicitado.

 

"Além de zerar a fila de espera de 2015 até o final do ano passado, estamos cumprindo com as agendas recentes e, ainda, atendendo todos os pedidos de urgência enviados pela UPA Santa Luzia. Esse é um grande avanço para a saúde municipal, que se tornou realidade após regularizarmos a situação de um equipamento que estava deixado de lado pelos últimos gestores. Compromisso estabelecido pelo prefeito Kiko e que estamos seguindo à risca", explicou o prefeito em exercício de Ribeirão Pires, Gabriel Roncon.

 

As ações de retomada de serviços essenciais adotadas pelo Governo desde o início de 2017 trouxeram de volta às Unidades Básicas de Saúde os exames laboratoriais, ampliando a oferta dos exames de sangue e papanicolau para atender a demanda da rede. Após a retomada, em janeiro do último ano, a rede municipal realizou mais de 244 mil exames do tipo, o que representa aumento de mais de 67% em relação a 2016.

 

"Nosso trabalho é norteado pela humanização dos atendimentos e dos cuidados com cada um dos pacientes que procura a rede municipal de saúde. Os exames são fundamentais para que os profissionais médicos tenham em mãos instrumentos para um diagnóstico assertivo, o que faz a diferença no tratamento ou encaminhamento do morador. Seguimos com o projeto de fortalecimento e ampliação dos serviços de saúde da rede municipal, sempre buscando qualidade e atendimento digno à população", afirmou a secretária de Saúde e Higiene de Ribeirão Pires, Patrícia Freitas.

 

Com novos fluxos internos do atendimento, a criação de procedimentos e a reorganização das equipes, os exames de ultrassonografia também registraram aumento expressivo de 2016 para 2017. No ano passado, foram realizados mais de 7.300 ultrassons na rede municipal, número que é quase três vezes maior no comparativo com 2016.

 




Deixe seu comentário!

ATENÇÃO: Os comentários postados abaixo representam a opinião do leitor e não necessariamente do nosso site. Toda responsabilidade das mensagens é do autor da postagem.

Parceiros
Jornal Divulgação Exata - (11) 2897-5833 - redacao@jornalexata.com.br
Copyright (c) 2018 - Jornal Divulgação Exata - Todos os direitos reservados