Quinta-feira, 27 de Abril de 2018

Ribeirão Pires
Publicada em 23/11/17 as 09:45h - 81 visualizações
Rede municipal de Ribeirão Pires inicia realização de tomografias
A partir desta semana, pacientes da cidade contam com exames de emergência e ambulatoriais. Prefeitura regularizou instalação do equipamento e irá zerar fila de espera até o próximo ano.

Da Redação


 (Foto: Divulgação/PMRP)

A Prefeitura da Estância Turística de Ribeirão Pires inicia nesta quarta-feira, dia 22, a realização de tomografias na rede municipal de saúde. Os exames serão feitos em equipamento próprio, instalado no Hospital e Maternidade São Lucas (região central da cidade). O prefeito Adler Teixeira, Kiko, visitou as instalações do tomógrafo, que foi regularizado neste ano e funcionará na rede por meio de parceria com o Grupo São Cristóvão Saúde.


A Prefeitura registra, desde 2015, 1700 pedidos de tomografia que aguardam agendamento em fila de espera. Nos últimos anos, a rede encaminhava pacientes que precisavam realizar o exame para hospital de referência em Mauá. Eram ofertadas, mensalmente, 10 vagas. Com o início da operação do tomógrafo de Ribeirão Pires, além do atendimento de 100% da demanda de emergência, serão realizados, em média, 30 exames ambulatoriais por dia, zerando a fila de espera e atendendo os novos pedidos feitos pela rede.


"Estamos iniciando a realização dos exames, justificando a aquisição de um aparelho caro, de alta complexidade, e que, por falta de planejamento, ficou parado nos últimos anos. Agora, depois de realizar as adequações necessárias e com o aval técnico e de segurança da fabricante do equipamento, estamos disponibilizando o exame aos pacientes da rede municipal, com muito mais qualidade no serviço prestado aos pacientes", declarou o prefeito.


O tomógrafo foi adquirido em abril de 2014, com investimento de R$ 661 mil, além de R$ 55,3 mil usados para adequações em sala da Unidade de Pronto Atendimento (UPA) Santa Luzia, onde o aparelho foi indevidamente instalado. Por ser classificado como equipamento de alta complexidade, tomógrafos devem ser instalados em Centros de Diagnóstico ou hospitais.


"Por essa razão, a Prefeitura transferiu, em junho deste ano, o equipamento da UPA para o Hospital e Maternidade São Lucas, para que esteja dentro das diretrizes que regulam os serviços de saúde. Com isso, a rede municipal de saúde garante recursos do Governo Federal para custear todas as tomografias feitas na unidade", explicou a secretária de Saúde e Higiene de Ribeirão Pires, Patrícia Freitas.   


Profissionais do Grupo São Cristóvão de Saúde estão supervisionando as equipes da rede municipal que irão operar o tomógrafo. A supervisão faz parte do processo de qualificação dos profissionais da Prefeitura. Ao São Cristóvão caberá a emissão de laudos dos exames.




Deixe seu comentário!

ATENÇÃO: Os comentários postados abaixo representam a opinião do leitor e não necessariamente do nosso site. Toda responsabilidade das mensagens é do autor da postagem.

Parceiros
Jornal Divulgação Exata - (11) 2897-5833 - redacao@jornalexata.com.br
Copyright (c) 2018 - Jornal Divulgação Exata - Todos os direitos reservados