Quinta-feira, 19 de Julho de 2018

Mauá
Publicada em 11/07/18 às 15:24h
Andreia Rolim Rios é exonerada da prefeitura de Mauá

Maik Uchôa / Matheus Godoy


 (Foto: Reprodução)

Nesta quarta-feira, a ex-primeira-dama de Mauá, Andréia Rolim Rios, foi exonerada do comando da Secretária de Políticas Públicas para Mulheres. Ela sai ao lado de seu braço direito, Márcio Araujo, que era adjunto nessa mesma pasta. A ordem foi expedida pela prefeita em exercício, Alaíde Damo (MDB).


O afastamento da ex-primeira-dama era esperado dentro da prefeitura mauaense desde a semana passada. O choque de gestão entre o PSB e o MDB já ceifou alguns nomes de confiança do prefeito afastado, Átilla Jacomussi (PSB). Entre eles o chefe de Gabinete e da Pasta de Comunicação, Márcio de Souza, ainda na semana passada.


Além de Andréia e Márcio Araújo, outras três pessoas foram desligadas nesta terça-feira: Laurindo Cid, diretor do Museu Barão de Mauá; Denis Martins Caporal, assessor de gabinete; e Daniele de França Godoy, assistente de políticas públicas na Pasta de Cultura.


Agora o PSB trabalha para fazer oposição à prefeita Alaíde. O principal nome para fazê-la é do presidente da Assembleia Legislativa e pai do prefeito afastado, Admir Jacomussi (PRP). Junto dele também trabalhará o vereador Samuel Enfermeiro, que representa o partido socialista no legislativo.


Até o momento não há atualizações sobre qual passo anda o retorno ou não de Átila. O advogado Daniel Bialski impetrou um recurso para derrubar a liminar imposta pelo TRF-3, que impede o chefe do executivo de voltar ao cargo. O meso é acusado por lavagem de dinheiro devido aos R$87 mil achados dentro de seu apartamento. 




Deixe seu comentário!

ATENÇÃO: Os comentários postados abaixo representam a opinião do leitor e não necessariamente do nosso site. Toda responsabilidade das mensagens é do autor da postagem.

Parceiros
Jornal Divulgação Exata - (11) 2897-5833 - redacao@jornalexata.com.br
Copyright (c) 2018 - Jornal Divulgação Exata - Todos os direitos reservados