Mauá
Publicada em 05/07/17 as 14:54h - 27 visualizações
Mauá vacina 91 mil contra a gripe
Campanha está prevista para terminar nesta sexta-feira (7/7); Prefeitura quer vacinar 100 mil moradores da cidade

Divulgação


Pessoas com idade a partir de 50 anos foram incluídos na listagem para receber dose em Mauá  (Foto: Roberto Mourão/ PMM)
91 mil munícipes já foram vacinados em Mauá contra a gripe. Os pacientes vacinados integram os grupos prioritários. O número de doses aplicadas já superou a meta do Ministério da Saúde que estabelecia que a cidade devia vacinar 73 mil munícipes. Desde a última semana, a Prefeitura de Mauá incluiu no grupo de vacinação pessoas que tenham entre 50 e 54 anos de idade. A liberação segue determinação do Governo do Estado, que estabelece prioridades de acordo com o risco de evolução da gripe e suas possíveis complicações, como pneumonia e internação hospitalar. 

Foi liberada a vacinação também para motoristas e cobradores de ônibus e taxistas. Além desse grupo, profissionais da saúde, que lidam com idosos e com população de rua, além de quem trabalha com Defesa Civil, Polícia e Assistência Social também podem receber a vacinação. Completam o grupo crianças até cinco anos, gestantes, idosos e doentes crônicos (com doenças como diabetes e asma).

Idosos, que são um dos principais grupos prioritários de atendimento, aderiram 100% à campanha de vacinação. A meta estabelecida pelo Ministério da Saúde previa que deviam ser vacinados em Mauá 35.178 idosos acima de 60 anos; até sexta-feira (30/6) foram 35.500 doses aplicadas dentro do grupo, superando o esperado. 

Mulheres que estão em puerpério (pós-parto) também compareceram em peso aos postos de saúde da cidade para serem imunizadas. A expectativa era vacinar 715 mulheres, mas 780 foram vacinadas, 109%. 

Os profissionais da saúde também tiveram boa adesão à campanha. Foram aplicadas 7.100 vacinas no grupo, 92% do esperado. Entre as crianças foram 19.100 doses (74% do total esperado); com as gestantes foram 3 mil (70% do previsto); fecha a lista do grupo previsto para a vacinação os profissionais da educação, com 3.300 vacinas (47% do total). 

Pacientes crônicos, com doenças como diabetes e asma, foram responsáveis por 20 mil imunizações, no entanto, como não é possível fazer o acompanhamento do total de casos na cidade, não há equivalente do mínimo de doses esperadas dentro do grupo em questão. Isso acontece porque basta levar o encaminhamento médico ou a receita que confirma o tratamento contínuo, que pode ser fornecido pelo convênio médico.

O restante de imunização equivale aos grupos incluídos após o início da campanha, que prevê que policiais, profissionais da defesa civil e pessoas a partir de 50 anos possam receber a imunização.  

Os 23 Postos de Saúde da cidade participam da campanha de vacinação, que foi prorrogada até o dia 7 de julho.  Os postos da saúde da cidade abrem de segunda à sexta-feira, das 9h às 16h. 




Deixe seu comentário!

ATENÇÃO: Os comentários postados abaixo representam a opinião do leitor e não necessariamente do nosso site. Toda responsabilidade das mensagens é do autor da postagem.

Parceiros
Jornal Divulgação Exata - (11) 2897-5833 - redacao@jornalexata.com.br
Copyright (c) 2017 - Jornal Divulgação Exata - Todos os direitos reservados