Quarta-feira, 25 de Abril de 2018

Diadema
Publicada em 21/11/17 as 13:58h - 92 visualizações
Diadema faz Campanha pelo Fim da Violência Contra Mulher
Evento vai até 13 de dezembro e acontece em vários bairros

Redação


A partir do dia 20 de novembro, começa a Campanha dos 21 Dias de Ativismo pelo Fim da Violência Contra Mulher em vários espaços da cidade. O evento é composto por debates, palestras, cursos e rodas de conversas, sempre abordando temas relacionados ao universo da mulher, especificamente a questão da violência e suas nuances -  Gênero e masculinidades, Lei Maria da Penha e Feminismo.

O objetivo da Campanha é promover o debate e a reflexão com a população sobre a violência contra mulher, trazer a conscientização a respeito dos direitos e dar visibilidade para esta questão que ainda é vista como tabu. Apesar do debate que a Lei Maria da Penha trouxe, desde que foi instituída em 2006, dados do Mapa de Violência de 2015 destacam que o Brasil é o 5º país onde mais se comete feminicídio (homicídio cometido contra mulher por questões de gênero). 

"Muitas vezes, as mulheres não sabem que sofrem violência, acreditam que é algo apenas físico, quando na verdade existem outros tipos de violência, como a psicológica", diz Luciene Santana Souza, coordenadora da Casa Beth Lobo, uma das instituições envolvidas no evento e que na cidade presta um serviço de acolhimento com as mulheres vítimas de violência.

De acordo com a coordenadora da Casa Beth Lobo, em Diadema a procura pelos atendimentos ou orientações sobre a questão aumentaram. Para ela, isto é um sinal de que há uma maior difusão sobre o assunto.

Reginaldo Bombini, coordenador da Mediação de Conflitos, organismo da secretaria de Defesa Social e que realiza a campanha, explica que é relevante incentivar projetos e campanhas para que as mulheres tenham mais conhecimento sobre seus direitos e assistências sociais que estão aptas para ajudá-las em casos de violência. "É necessário abordar esses assuntos com a população, para que as mulheres possam reconhecer os seus direitos e saber onde solicitar ajuda", afirmou Reginaldo.

A Campanha dos 21 dias de Ativismo é promovida pelas secretarias de Assistência Social e Cidadania, da Defesa Social, Coordenadoria da Mulher de Diadema e Casa Beth Lobo.

A primeira menção a campanha será no dia 20 de novembro, quando a coordenadora de Políticas Públicas da Mulher, Fernanda Oliveira, abre a discussão para o tema durante evento do mês da Kizomba, no Teatro Clara Nunes, chamando atenção para a situação das mulheres negras.

Acompanhe a programação: https://goo.gl/axSN5g

Serviço:

Casa Beth Lobo - Centro de tratamento para vítimas de violência doméstica em Diadema

Rua das Turmalinas, 35 - Centro

4043-0737




Deixe seu comentário!

ATENÇÃO: Os comentários postados abaixo representam a opinião do leitor e não necessariamente do nosso site. Toda responsabilidade das mensagens é do autor da postagem.

Parceiros
Jornal Divulgação Exata - (11) 2897-5833 - redacao@jornalexata.com.br
Copyright (c) 2018 - Jornal Divulgação Exata - Todos os direitos reservados