Sexta-feira, 17 de Agosto de 2018

Brasil
Publicada em 28/05/18 às 00:05h
Temer faz comunicado com novas propostas para acabar com a greve dos caminhoneiros

Maik Uchôa


 (Foto: Divulgação)

O presidente Michel Temer (MDB) se pronunciou novamente, na noite deste domingo. O objetivo do seu comunicado foi anunciar as mudanças que irão acontecer para acabar com a  Greve dos Caminhoneiros, que completa uma semana de duração neste domingo. O executivo passou grande parte do dia no Palácio do Planalto, negociando medidas para acabar com a crise. 



Entre as mudanças que o presidente citou, está a redução de R$0,46 por litro de diesel. Essa medida tem como duração o prazo de 60 dias, sendo um congelamento no valor. Após esses dois meses, os preços dos combustíveis  serão reajustados mensalmente.  



Vale lembrar que os representantes dos caminhoneiros, no último pronunciamento do executivo não aceitaram o congelamento proposto, sendo de apenas 30 dias. Ainda no comunicado de hoje, Temer citou a isenção de pedágio nos eixos suspensos dos caminhões nas estradas, e uma tabela com valores mínimos para os preços dos fretes.  




Deixe seu comentário!

ATENÇÃO: Os comentários postados abaixo representam a opinião do leitor e não necessariamente do nosso site. Toda responsabilidade das mensagens é do autor da postagem.

Parceiros
Jornal Divulgação Exata - (11) 2897-5833 - redacao@jornalexata.com.br
Copyright (c) 2018 - Jornal Divulgação Exata - Todos os direitos reservados