Terça-feira, 24 de Abril de 2018

Brasil
Publicada em 09/04/18 as 15:43h - 56 visualizações
“Espero transformar essa nação”

Julio Cezar Green


 (Foto: Divulgação)

Chegamos ao momento no país onde começam a aparecer as propostas dos políticos que buscam eleição em outubro. Iniciamos nossa série de entrevistas com os pré-candidatos à presidência do Brasil. O primeiro entrevistado é Levy Fidelix do PRTB que fala de suas propostas para presidência do Brasil.

O que podemos esperar do Levi para 2018?

Essa pré-campanha será muito difícil, porém eu tenho segurança absoluta que nós teremos muitos pré-candidatos eliminados porque têm muita corrupção. Os partidos estão envolvidos no 'petrolão', no 'mensalão'. Tenho certeza absoluta que os pré-candidatos que não tenho um partido envolvido em lama, vão realmente surfar na boa maré. É o meu caso!

O povo vai confiar mais no PTRB, meu partido nunca recebeu propina de ninguém é o que vai fazer a diferença. Eu tenho proposta, vou eliminar impostos sobre remédio, sobre a cesta básica, eu quero transformar o bolsa família em um salário família de R$ 965 e as pessoas vão trabalhar para reestabelecer sua dignidade. Temos que fazer um banco pra financiar a juventude, que após se formar não conseguem trabalhar.  

O que o senhor pensa sobre a condenação do ex-presidente Lula?

Cabe ao judiciário julgar, se achar que ele não percorreu os caminhos da honestidade, que a prisão ocorra. Mas é verdade que em volta dele muita coisa de mal aconteceu, foi dado dinheiro para cuba, para Venezuela e está faltando na saúde, educação e infraestrutura do país. É necessário acabar com o orçamento de dar dinheiro aos outros e isso o PT, PSDB E MDB fazem muito. O PRTB nunca fez isso.

O senhor ainda pensa em fazer o projeto do 'Aerotrem?'

Na realidade fizeram, foram duas linhas. Uma que está em acabamento, que vai para o aeroporto de Guarulhos e outra linha que vai da Vila Prudente até Itaquera, mas mudaram o nome 'né', chamaram de Monotrilho. Só que estão gastando demais, eu teria feito mais de 50 km de linha em São Paulo, com menos dinheiro. Gastaram R$4,2 bilhões numa obra que poderia custaria R$ 1 bilhão. É muito fácil fazer o Aerotrem, poderia até estar no ABC.

Caso seja eleito, como será o presidente Levy Fidelix?

Eu espero transformar essa nação, governar com o povo no poder, com as necessidades do povo. Vamos fazer circular os alimentos com melhores estradas. Esse país virou um cassino de roubo, vai tudo para União e o Município não se beneficia. O dinheiro tem que ir metade para o Município, 25% pro Estado e 25% pra União, sem fazer com que os prefeitos fiquem solicitando verbas.

Como acabar com o imposto da alimentação?

São vinte alimentos essenciais para vida, cabe ao congresso elencar quais são, mas o pão, leite, arroz são necessários para sobrevida das pessoas. Custa caro, porque o 'ricaço' paga! Outros alimentos terão o preço de mercado, mas o quilo de arroz é um absurdo. Vamos corrigir tudo.

E em relação ao imposto dos medicamentos?

A federação arrecada R$ 35 bilhões de impostos sobre remédio, mas gasta R$ 150 milhões na saúde. Tirar o imposto do remédio faz com que o valor seja a metade do preço. Vamos parar de brincadeira, o Governo Federal funciona como se fosse um empresário da doença. Tirar os impostos é uma forma indireta de melhorar o salário das pessoas.

O que seria o Salário Família?

Quero transformar o Bolsa Família em bolsa integral, as pessoas não querem receber R$ 365 reais para ficar em casa, querem trabalhar. Ninguém quer nada de graça, a pessoa vai trabalhar e ter um salário integral com dois anos garantidos. Tanto que o temer vai transformar o Bolsa Família em Bolsa Dignidade, isso é ideia minha.

Eles copiaram o Aerotrem, o Anel Viário o Seguro Calamidade e agora vão copiar até o Bolsa Família. 




Deixe seu comentário!

ATENÇÃO: Os comentários postados abaixo representam a opinião do leitor e não necessariamente do nosso site. Toda responsabilidade das mensagens é do autor da postagem.

Parceiros
Jornal Divulgação Exata - (11) 2897-5833 - redacao@jornalexata.com.br
Copyright (c) 2018 - Jornal Divulgação Exata - Todos os direitos reservados