Brasil
Publicada em 02/10/17 as 18:40h - 65 visualizações
Pesquisa aponta que 44% dos professores já sofreram agressões

Montero Netto


 (Foto: Divulgação)
Um estudo sobre casos de violência nas escolas  mostra que 44% dos professores da rede estadual de ensino de São Paulo já sofreram agressão verbal na instituição. A pesquisa feita a pedido do Sindicato dos Professores do Ensino Oficial do Estado de São Paulo (Apeoesp) também indica que as agressões nas escolas, verbais ou fisicamente, aumentaram nos últimos três anos.
O levantamento realizado pelo Instituto Locomotiva a pedido da Apeoesp, ouviu 702 professores de 155 municípios em todas as regiões do estado entre os dias 1 e 11 de setembro. Mais da metade dos docentes diz ter sofrido algum tipo de agressão. Entra elas, as mais frequentes são agressão verbal (44%), discriminação (9%), bullying (8%), furto/roubo (6%), agressão física (5%).
A Secretaria Estadual da Educação contestou a pesquisa e informou que irá ampliar o programa de mediação de conflitos.
Entre os relatos de agressão física ouvidos pelos pesquisadores estão casos como o ocorrido no dia 12 de setembro na Escola Estadual Professor Orlando Perez, em São Carlos, no interior, em que um adolescente de 15 anos agrediu um professor com um tijolo e danificou seu carro.



Deixe seu comentário!

ATENÇÃO: Os comentários postados abaixo representam a opinião do leitor e não necessariamente do nosso site. Toda responsabilidade das mensagens é do autor da postagem.

Parceiros
Jornal Divulgação Exata - (11) 2897-5833 - redacao@jornalexata.com.br
Copyright (c) 2017 - Jornal Divulgação Exata - Todos os direitos reservados