Brasil
Publicada em 22/09/17 as 18:10h - 76 visualizações
Raquel Dodge propõe gravar conversas entre presos e advogados, diz Jungmann
Ministro da Defesa defende que conversa seja separada por vidros e por meio de telefones internos

Da Agência Globo


 (Foto: Jornal Divulgação Exata)

BRASÍLIA — A procuradora-geral da República Raquel Dodge propôs que sejam gravadas conversas entre presos do comando do crime organizado e advogados. Nesta sexta-feira, após cenário de guerra na favela da Rocinha, o ministro da Defesa, Raul Jungmann, afirmou que Dodge sugeriu a medida a ele, que já vinha defendendo a ação. "Ela lembrou isso. Foi uma sugestão que ela deu e eu achei extremamente pertinente", disse o ministro, completando: "A prisão se transforma em home office do crime organizado e do crime nas ruas.

O ministro comparou aos filmes o que pretende fazer nas carceragens federais: que presos de alta periculosidade e advogados conversem por meio de um parlatório, separados por vidros e por meio de telefones internos.

Jungmann disse estar em uma "cruzada" pela implementação dessa medida. Ele disse ainda esperar que as cadeias estaduais sigam o exemplo federal, caso isso aconteça. Sem estipular prazos para alguma ação do governo, o ministro atacou a "resistência" de advogados criminalistas sobre essa proposta. Além disso, prometeu levar o caso à Ordem dos Advogados do Brasil (OAB).

"O advogado que se torna advogado de um bando pode ser chantageado, ele pode ser ameaçado de morto se ele não passar a servi-lo", emendou.

Jungmann voltou a citar a responsabilidade dos estados com o sistema penitenciário. Segundo ele, boa parte desse sistema é uma "peneira". "Boa parte do nosso sistema prisional é uma peneira. Mas esse sistema, sobretudo, não é responsabilidade do governo federal. As atribuições competem aos governos estaduais", declarou, completando que o governo federal fez as varreduras, mas que é trabalho dos estados "mantê-las limpas".

O ministro esteve com Raquel Dodge na manhã desta sexta-feira, na Procuradoria-Geral da República (PGR). Ela tomou posse à frente do Ministério Público na última segunda-feira.



Deixe seu comentário!

ATENÇÃO: Os comentários postados abaixo representam a opinião do leitor e não necessariamente do nosso site. Toda responsabilidade das mensagens é do autor da postagem.

Parceiros
Jornal Divulgação Exata - (11) 2897-5833 - redacao@jornalexata.com.br
Copyright (c) 2017 - Jornal Divulgação Exata - Todos os direitos reservados