Brasil
Publicada em 03/07/17 as 16:25h - 49 visualizações
Balanço da greve geral
Com baixa adesão greve não obteve sucesso esperado

Paloma Carlos


 (Foto: Divulgação)

Na última sexta (30/06) as principais centrais sindicais e movimentos sociais lideraram uma greve geral em várias cidades do país contra as reformas trabalhistas e contra o governo Temer. A paralização não obteve o mesmo sucesso e número de adesão como a que ocorreu em 28/04 e seus reflexos quase não foram sentidos pela população. Segundo os organizadores 193, 4 mil pessoas em todo o país participaram dos protestos, os números da PM indicam 8.760 participantes.

São Paulo

Os sindicatos dos ferroviários e dos motoristas de ônibus não aderiram ao movimento e trabalharam normalmente. Os metroviários que haviam decidido participar do ato, em assembleia realizada na quinta (29/06) recuaram e optaram por trabalhar.

Durante a manhã alguns manifestantes interditaram a via Anchieta em São Bernardo, mas a polícia conseguiu retira-los e por volta das 7h já trabalhava para normalizar o trânsito. Na Av Paulista a manifestação teve início por volta das 16h em frente ao MASP, o ato seguiu pela Consolação e se dividiu, a maioria ficou na Praça Roosevelt e o restante foi até a sede da Prefeitura de São Paulo. Houveram manifestações realizadas pelo MST (Movimento dos Trabalhadores sem Teto) no aeroporto de Congonhas durante a manhã.

Rio de Janeiro

Assim como em São Paulo, o transporte público no Rio funcionou normalmente. As manifestações que ocorreram pela manhã causaram transtornos no trânsito. Os acessos ao aeroporto Internacional Tom Jobim foram bloqueados por manifestantes e houveram atos nos dois aeroportos da cidade, porém nenhum voo sofreu consequências. Durante a noite manifestantes se concentraram na Candelária e seguiram em passeata em direção a Central do Brasil. 

Brasília

No Distrito Federal o transporte público aderiu a greve. As estações de metrô amanheceram fechadas e os ônibus não saíram da garagem. A Esplanada dos Ministérios e a praça dos Três Poderes, cenários tradicionais das manifestações, amanheceram fechadas pela Polícia Militar. As vias N1 e S1 chegaram a ser bloqueadas por policiais.




Deixe seu comentário!

ATENÇÃO: Os comentários postados abaixo representam a opinião do leitor e não necessariamente do nosso site. Toda responsabilidade das mensagens é do autor da postagem.

Parceiros
Jornal Divulgação Exata - (11) 2897-5833 - redacao@jornalexata.com.br
Copyright (c) 2017 - Jornal Divulgação Exata - Todos os direitos reservados