Brasil
Publicada em 24/03/16 as 16:17h - 260 visualizações
Crise acarreta a perda de emprego de 1,3 milhões de pessoas

Rafael Madjarof


 (Foto: Divulgação)

No dia 24 de Março, o IBGE divulgou dados alarmantes sobre o desemprego no país, no ultimo ano, 1,3 milhões de pessoas com carteira assinada ficaram desempregadas, a pesquisa foi feita entre fevereiro de 2015 e janeiro de 2016. O número é o maior desde 2012.

No período entre Novembro de 2015 e Janeiro de 2016, a taxa de desemprego foi na maior da PNAD continua, uma vez que neste período se atingiu a taxa de 9,5% nesse período. Em relação ao mesmo período do ano anterior, houve queda no numero de trabalhadores com carteira de 3,6%.

Os dados apontam que houve um crescimento de 6,1% de trabalhadores por conta própria, chegando ao total de 23 milhões de trabalhadores, apesar do crescimento esses trabalhadores também sofreram no bolso, pois o seu rendimento caiu 4,1% chegando ao valor de R$ 1495,00.

Em janeiro de 2016, o número de trabalhadores domésticos aumentou para 6,3 milhões de pessoas, o que representa um crescimento de 5,2% relacionado ao ano anterior. Isso aconteceu em função de uma queda vertiginosa do emprego formal.




Deixe seu comentário!

ATENÇÃO: Os comentários postados abaixo representam a opinião do leitor e não necessariamente do nosso site. Toda responsabilidade das mensagens é do autor da postagem.

Parceiros
Jornal Divulgação Exata - (11) 2897-5833 - redacao@jornalexata.com.br
Copyright (c) 2017 - Jornal Divulgação Exata - Todos os direitos reservados