Brasil
Publicada em 22/12/15 as 16:58h - 193 visualizações
Relembre os fatos que marcaram o ano de 2015

Julio Cezar Green


 (Foto: Divulgação)

Muitos fatos movimentaram o ano do Brasil e do Mundo. Dilma Rousseff tomou posse de seu segundo mandato, em meio a manifestações e crises políticas. O processo de impeachment contra a presidente da república teve inicio na câmara dos deputados através da abertura do deputado Eduardo Cunha, que por sua vez, também sofre pedido de impedimento no seu mandato na câmara. Atentados, catástrofes, conquistas, movimentos, entre outras coisas agitaram 2015. 

Segundo mandato de Dilma Rousseff

No dia 1 de Janeiro a presidente eleita com 51,64% dos votos válidos tomou posse para atuar em seu segundo mandato no comando da república.

Protestos no Brasil em favor do impeachment

No dia 15 de Março mais de um milhão de pessoas estiveram presentes na avenida paulista, para protestar contra a eleição da presidente, incentivados pelos grupos "Vem pra rua", "Revoltados Online", "SOS Forças Armadas", e "Movimento Brasil Livre". O ato pedia o impedimento de Dilma Rousseff. Em todo o Brasil, as pessoas, democraticamente, movimentaram o seu desejo da retirada de Dilma. Durante todo ano, atos foram registrados favoráveis ao impeachment, o mês de Abril, marcou 275 mil pessoas em São Paulo e no ato do mês de Dezembro, os protestos caíram drasticamente, onde apenas 30 mil pessoas estiveram presentes na avenida paulista.

Dando inicio ao processo de impedimento de Dilma, Eduardo Cunha aceitou o pedido dos juristas Hélio Bicudo, Miguel Reale Jr no dia 02 de Dezembro.

 

Charlie Hebdo

No dia 07 de Janeiro, um tiroteio matou 12 pessoas e 11 ficaram feridas no jornal frances, que sofreu atentando do Estado Islâmico em sua sede em Paris. Esse foi o segundo ataque sobre o local, anteriormente, já havia sido alvo de ataques após ter publicado uma caricatura do profeta Maomé.

Ataques em Paris

Mais uma vez a França sofreu com ataques terroristas, mais de 120 pessoas morreram e mais de 350 ficaram feridas no dia 13 de Novembro em Paris. Os ataques aconteceram na casa de shows Bataclan, nos bares Le Carillon, La Belle Equipe, próximo ao Stade de France e no restaurante Le Petit Cambodge.

Desastre em Mariana-MG

O rompimento da barragem do Fundão no dia 05 de Novembro, entre os distritos de Mariana e Ouro Preto, em Minas Gerais, causou uma onda de lama. Centenas de pessoas ficaram desabrigadas no distrito de Bento Rodrigues, destruído pela lama, que passou pelo leste de Minas, pelo Espírito Santo e chegou no Mar. Mais de 15 pessoas morreram no desastre.

Operação Lava Jato

No dia 14 de Janeiro, Nestor Severó, Ex-diretor da área internacional da Petrobrás é preso pela polícia federal, acusado de corrupção e lavagem de dinheiro. Logo após anunciar perca de R$88,6 milhões por conta da corrupção, Graça Foster, presidente da Petrobrás e mais cinco diretores da empresa renunciam ao cargo. Já na sua décima segunda fase, o petista João Vaccari Neto, tesoureiro do PT, é preso acusado de receber propina em contratos da Petrobrás.

Em julho, o presidente da Câmara dos deputados Eduardo Cunha é acusado por Toyo Setal de pedir R$5 milhões em propina para viabilizar um contrato do navio-sonda da Petrobrás.

O mês de Agosto marca a prisão do ex-ministro petista, José Dirceu suspeito de praticar crime de corrupção, lavagem de dinheiro e formação de quadrilha.

Na 21ª fase de operação da Lava Jato, o líder do PT no Senado, Delcídio do Amaral é condenado à prisão por tentar atrapalhar as apurações da Policia Federal.

Na operação Catilinárias da 22ª fase, a PF cumpre 53 mandados de busca e apreensão na casa de deputados e do presidente da câmara Eduardo Cunha, expedidos pelo Supremo Tribunal Federal.

Conselho de Ética da Câmara dos deputados

Eduardo Cunha, alvo de investigações da operação Lava Jato é acusado de manter contas secretas na Suíça e de mentir na CPI da Petrobrás. O processo de Cunha foi votado após seis adiamentos, articulados por aliados do peemedebista. Caso condenado, Eduardo Cunha será punido na censura até a cassação de seu mandato.

Dólar a R$4

A crise econômica no Brasil se agravou ainda mais com a sequência do aumento no valor do dólar. A moeda norte-americana chegou a ser vendido nas casas de câmbio pelo valor de R$4,60. A maior cotação da moeda na história do Brasil.

Gasolina

Os brasileiros sofreram com o aumento no valor da gasolina no Brasil, o combustível mais caro do mundo, teve um reajuste de 6% no valor. O acréscimo foi o segundo no ano de 2015.

Ocupação nas escolas

O governador de São Paulo, Geraldo Alckmin, anunciou no dia 04 de Dezembro a suspensão na reorganização das escolas de São Paulo. A declaração do governador se deu após protestos de alunos e professores contra a mudança no sistema de ensino estadual. Cerca de 200 escolas foram ocupadas desde o dia 9 de Novembro. A proposta anunciada pelo governador no dia 23 de Setembro era separar escolas para oferecer aulas apenas de um ciclo de estudos (fundamental I, fundamental II e ensino Médio), já a partir do ano que vem.

Mortes em 2015

Inesita Barroso (08/03/2015); Jorge Loredo, o Zé bonitinho (26/03/2015); Maria Della Costa (24/01/2015); José Rico, da dupla Milionário e José Rico (03/03/2015); Antônio Abujamra (28/04/2015); Elias Gleizer (16/05/2015); Cristiano Araújo (24/06/2015); Betty Lago (13/09/2015); Luiz Carlos Miele (14/10/2015); Yona Magalhaes (20/10/2015); Marilia Pera (05/12/2015); Juvenal Juvencio (09/12/2015).




Deixe seu comentário!

ATENÇÃO: Os comentários postados abaixo representam a opinião do leitor e não necessariamente do nosso site. Toda responsabilidade das mensagens é do autor da postagem.

Parceiros
Jornal Divulgação Exata - (11) 2897-5833 - redacao@jornalexata.com.br
Copyright (c) 2017 - Jornal Divulgação Exata - Todos os direitos reservados